sábado, 24 de outubro de 2020

Yanto Laitano - Especial Fito Páez e Charly Garcia: no Ocidente Acústico" Online

O pianista e cantor Yanto Laitano apresenta canções de dois dos mais importantes compositores argentinos de rock de todos os tempos: Charly Garcia e Fito Páez.  O músico interpreta as canções no formato voz, teclado e bases rítmicas pré-gravadas e conta histórias sobre as composições.

No repertório, temas como ”Promesas Sobre El Bidet” e “Cerca de La Revolucion”, de Charly Garcia, e “Mariposa Tecnicolor” e “11 y 6” de Fito Paez.


Foto: DeD Studio


Serviço:

"Ocidente Acústico"  online edição 06 apresenta:

Yanto Laitano - Especial Fito Páez e Charly Garcia

Estreia: 29 de outubro (quinta-feira) às 21h

Disponível para acesso entre 21 horas de 29/10 a 23h59 do  dia 01/11.

Adquira o show completo para o "Ocidente Acústico" Online:

www.centraldalive.com.br (tem que ter cadastro no PagSeguro).

Valor: R$20,00

Local: Em casa. Gravado no Ocidente em Porto Alegre.

Realização: Rei Magro produções 51 9 91421589 

Central da Live

Bar Ocidente

——————————

Todas as gravações foram feitas respeitando as regras de higiene e distanciamento.

Nos solidarizamos com todas as vítimas e familiares da COVID-19.

Caso tenha alguma dúvida, entre em contato com atendimento@centraldalive.com.br


Enviado por Rei Magro Produções

Bâmos Q Bânia: lança single/clipe de "Revolução Estelar"

Depois da ótima repercussão com “Eletrolux”, seu single de estreia, a banda sorocabana Bâmos Q Bânia retorna com sua segunda faixa, intitulada “Revolução Estelar”. A música, que veio acompanhada de mais um belo clipe produzido pela própria banda, estará no disco de estreia do quarteto de rock progressivo. Assista ao clipe abaixo.

“Revolução Estelar” teve como cenário a Mata da Câmara, em São Roque-SP. Assim como o single de estreia, a música aborda temas diversos que causam reflexão, como a ciência e a natureza. “O clipe faz uma metáfora ao som da banda, ao momento que estamos vivendo de inúmeras mudanças, quebra de preconceitos e principalmente de dar voz a todos que não podem falar”, explica a banda.


Diferentemente da metafórica “Eletrolux”, em “Revolução Estelar” a Bâmos Q Bânia optou por passar a mensagem da forma mais simples possível. “Ela tem uma estética mais simples e de fácil absorção e entendimento. A banda tocando em um "mundo real”, toda a beleza da vida, natureza, fauna e flora que devemos preservar, respeitar e desfrutar de forma sustentável. É com certeza um clipe mais fácil de assistir, refletir e se encantar com tudo o que temos”.

A Bâmos Q Bânia se consolidou em 2018 e é formada por Giovanni Guazzelli (guitarra/teclado/voz), Rafael Guazzelli (guitarra/voz), César Guazzelli (baixo/voz) e André Luckner (bateria/percussão). Além de resgatar o rock progressivo, a banda conta com influências que vão do jazz ao rock clássico, passando pela MPB em geral e jazz brasileiro. Entre as referências estão nomes como Pink Floyd, Emerson Lake Palmer, Camel, Genesis, Yes, King Crimson, Dream Theater e Os Mutantes.

As duas faixas lançadas pela banda até o momento estarão no disco de estreia da banda. Assista também ao clipe de “Eletrolux”. Assista!

"Fahrenheit 451" é tema de aula gratuita de cinema e literatura

Clássico da ficção científica, a obra Fahrenheit 451 será tema de uma aula virtual e gratuita sobre cinema e literatura. O evento, promovido pelo Instituto Ling, marca a quinta edição do projeto Adaptação, que conta com o professor e escritor Pedro Gonzaga e o jornalista cultural e crítico de cinema Roger Lerina analisando diferentes aspectos artísticos e culturais de produções marcantes. A atividade será transmitida ao vivo na próxima terça-feira, dia 27 de outubro, às 18h30, pela plataforma Zoom. Para participar, é necessário fazer inscrição prévia e sem custo no site www.institutoling.org.br.

 
Durante o bate-papo, o público poderá acompanhar a discussão das diferenças e semelhanças entre o romance do norte-americano Ray Bradbury, escrito após o término da Segunda Guerra Mundial, em 1953, e o filme homônimo dirigido pelo cineasta francês François Truffaut que chegou às telonas em 1966. O livro revolucionou a literatura com um texto que condena a opressão anti-intelectual nazista ao mostrar um governo totalitário que proíbe qualquer tipo de publicação ou leitura. A versão cinematográfica reconta essa história, mostrando principalmente os bombeiros que têm a função de queimar esses materiais impressos, com o ator austríaco Oskar Werner dando vida a Montag, personagem que começa a questionar essa situação.

Crédito da foto: Reprodução

 
Pedro Gonzaga é professor, tradutor, poeta e escritor. Doutor em literatura pela UFRGS, com diversas publicações em poesia e prosa, desenvolve há anos trabalhos com turmas de escrita criativa, voltadas para o público adulto. Atualmente é cronista dos jornais Zero Hora e O Estado de S. Paulo.
 
Roger Lerina é jornalista cultural, integrante da Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine) e atua como repórter e crítico de cinema no Canal Brasil. É editor do site www.rogerlerina.com.br, uma plataforma dedicada a notícias, artigos e vídeos sobre cinema, artes cênicas, música, artes visuais e eventos culturais. É curador do projeto Meu Filme Favorito.
 
O projeto Adaptação – Entre a Literatura e o Cinema tem realização do Instituto Ling e do Ministério do Turismo Governo Federal, com patrocínio de Crown EmbalagensFitesa America Tampas.
 
 
SERVIÇO – PROGRAMAÇÃO ON-LINE – LITERATURA E CINEMA
Adaptação – Entre a Literatura e o Cinema
Bate-papo ao vivo com o professor, escritor, poeta e tradutor Pedro Gonzaga e o jornalista cultural e crítico de cinema Roger Lerina comparando o livro Fahrenheit 451, de Ray Bradbury, e o filme homônimo de François Truffaut
Dia 27 de outubro, terça-feira, às 18h30
Gratuito, mediante inscrição prévia pelo site www.institutoling.org.br

 
Para a experiência completa da programação, o Instituto Ling recomenda que o público assista ao filme Fahrenheit 451 (1966), de François Truffaut, e leia o livro homônimo de Ray Bradbury (1953). Você pode locar o DVD na locadora E O Vídeo Levou ou em qualquer outra de sua preferência. A publicação está à venda nas principais livrarias on-line ou na livraria Bamboletras, com entrega para todo o Brasil.
 
Informações úteis
www.facebook.com/InstitutoLing
www.instagram.com/Instituto.Ling
twitter.com/@InstitutoLing
www.youtube.com/c/InstitutoLingCultural
Fone: 51 3533-5700
Email: instituto.ling@institutoling.org.br
 
Sobre o Instituto Ling
Com 25 anos de atuação, o Instituto Ling é uma instituição sem fins lucrativos voltada para a transformação da sociedade através da educação e da cultura. Criado e mantido pela família Ling, atua em três segmentos: educação, cultura e saúde. Sua missão é promover o desenvolvimento humano e a evolução da sociedade através da disseminação de diferentes formas do conhecimento, da liberdade de pensamento, da valorização da cultura e da saúde. Na área da educação, desde 1995 auxilia jovens líderes a desenvolverem seus potenciais intelectuais e empreendedores através da concessão de bolsas de estudo para as melhores instituições do mundo. A abertura de seu centro cultural em Porto Alegre, no ano de 2014, ampliou e solidificou a atuação do Instituto, firmando-o como centro de referência na disseminação do conhecimento e do livre-pensar, fomentador da educação de excelência em seus múltiplos formatos e provedor de serviços e produtos culturais diferenciados, com elevado padrão de qualidade e estética.
 
Na área da saúde, o Instituto Ling estabeleceu parceria com o Hospital Moinhos de Vento, em 2015, para a implantação de um centro de referência no tratamento do câncer em Porto Alegre, e com a Santa Casa de Misericórdia, em 2019, contribuindo para a construção do novo prédio do complexo hospitalar em Porto Alegre. A família Ling, mantenedora do Instituto, é proprietária da “holding company“ Évora. O grupo empresarial produz e comercializa latas de alumínio para bebidas, não-tecidos de polipropileno (usados principalmente na produção de descartáveis higiênicos) e tampas plásticas para bebidas e produtos de higiene e beleza.

Horror Expo Live 2020: será uma experiência virtual, tendo TikTok como parceiro oficial


Desde o início da pandemia, a organização da Horror Expo acompanha os desdobramentos visando a realização de um evento completo e seguro, tanto para o visitante quanto para os artistas, expositores, convidados, patrocinadores, equipe e todos os demais envolvidos.
 
Mesmo com planos de reabertura em andamento, não julgamos que seja seguro e viável a realização de um evento do porte que planejamos para 2020. Desta forma, formatamos uma grandiosa experiência online, a HORROR EXPO LIVE 2020, que será realizada de forma GRATUITA entre os dias 26 e 31 de outubro de 2020.
 
A transmissão ocorrerá simultaneamente nas plataformas e redes sociais oficiais do evento, tendo o TikTok, principal destino para vídeos curtos em dispositivos móveis que incentiva a criatividade e a autenticidade dos usuários em todo o mundo, como principal parceiro. Para visitar o perfil da HORROR EXPO no TikTok e acompanhar cada detalhe, basta seguir @horrorexpobrasil.
 
Serão seis dias com lives, atividades, entrevistas, visitas guiadas, área de venda de produtos exclusivos, Horror Artists' Pavilion, música, meet & greet online e muito mais.
 
As atrações, formatos e detalhes serão anunciados ao longo das semanas e meses que antecedem o evento. A HORROR EXPO 2021 retornará ao formato físico e será realizada no mês de outubro do próximo ano, em São Paulo/SP.
 
Todas as atrações da HORROR EXPO LIVE 2020 estão sendo anunciadas nas redes sociais do evento e também estão disponíveis pelo site horrorexpo.com.br.


ALGUMAS ATRAÇÕES - A HORROR EXPO LIVE 2020 já confirmou presença do escritor e cineasta Dacre Stokersobrinho-bisneto do lendário escritor irlandês Bram Stoker, autor do romance Drácula (1897), uma das obras mais aclamadas da história do horror, no dia 31 de outubro.
 
O ator norte-americano Rob Mello, que ficou conhecido no mundo do Horror por interpretar o vilão John Tombs nos filmes “A Morte Te Dá Parabéns” (2017) e “A Morte Te Dá Parabéns 2” (2019), da Blumhouse, além da aparição na série “Fear the Walking Dead”, em 2018, participará da Horror Expo Live 2020 com uma entrevista exclusiva.

O parapsicólogo e diretor do The Warren Legacy Foundation for Paranormal Research, Chris McKinnell, neto de Ed e Lorraine Warren, participará no dia 29, conversando sobre o legado de seus avós, os itens amaldiçoados que a família reúne e a forma como atua The Warren Legacy Foundation for Paranormal Research.
 
Já a Fugativa, empresa especialista no ramo de Escape Games para entretenimento, marketing e atividades corporativas, sucesso absoluto na Horror Expo 2019, retornará para a Horror Expo Live 2020 com uma exclusiva experiência de terror em tempo real, chamada “Overlook“.
 
Disponibilidade:
26 a 30 de outubro, das 20h às 22h
31 de outubro, das 17h às 22h
Duração: 15 minutos
Necessário reserva prévia
Até 10 conexões simultâneas por horário
Exclusiva para maiores de 16 anos
Reservas: bookeo.com/fugativa?type=41558E79WK9175051A2202
 
Links relacionados:
https://www.tiktok.com/@horrorexpobrasil
https://www.horrorexpo.com.br
https://www.facebook.com/horrorexpobrasil
https://twitter.com/horrorexpobr
https://www.instagram.com/horrorexpobrasil
https://www.youtube.com/HorrorExpo

Teatro Bradesco, em São Paulo, reabre em Novembro

Boa notícia para os frequentadores de espaços destinados à arte, cultura e ao entretenimento: o Teatro Bradesco, em São Paulo, reabrirá a partir do dia 07 de novembro, seguindo rigorosamente todos os protocolos de distanciamento e higiene sugeridos por órgãos de saúde estaduais e municipais. As medidas adotadas visam maior segurança e serão acatadas tanto pelo artístico quanto por profissionais do teatro e público.

O Teatro Bradesco vai se adaptar ao novo momento e reduzirá sua lotação em conformidade com orientações dos Governos Municipal e Estadual de São Paulo, que originalmente é de 1.439 lugares, para 600 pessoas por sessão, segundo a limitação prevista nos protocolos. A sanitização será feita por uma empresa credenciada e especializada, com produtos específicos sugeridos nos protocolos das autoridades antes dos espetáculos. 

Crédito: Vagner Costa


Confira algumas das medidas de monitoramento, higiene, sanitização, distanciamento e comunicação adotadas:
- sinalizações e demarcações no chão, informando o distanciamento correto; 
- medição de temperatura; 
- orientação do público sobre chegada antecipada e saída escalonada para sessões com a finalidade de evitar aglomerações; 
- álcool em gel disponível em todo interior do teatro;
- higienização dos espaços internos de forma mais frequente e intensa antes, durante e após as sessões;
- espaçamento entre assentos e setores para garantir distanciamento seguro entre o público;
- uso de equipamentos individuais de proteção pelos profissionais que estarão trabalhando;
- uso obrigatório de máscaras faciais para todos que estiverem dentro do teatro.
 
Além disso, bebedouros poderão ser utilizados somente para encher recipientes de uso pessoal. As vendas de alimentos e bebidas no foyer do espaço, bem como o serviço de chapelaria não estarão em funcionamento. As sessões de fotos e autógrafos entre artistas e público após os shows ou antes das apresentações, assim como os intervalos dos espetáculos, estarão igualmente suspensos por período indeterminado.

A bilheteria física local segue fora de funcionamento. As vendas seguem ocorrendo exclusivamente de forma online e por totens de autoatendimento na área comum do Shopping. A equipe do teatro, que trabalhará nas apresentações, também seguirá protocolos de segurança e higiene, bem como o uso de equipamentos individuais de proteção, troca e descarte adequado.

Tanto em ambientes internos, backstage e salas, quanto nos espaços acessados pelo público, nova comunicação será feita visando a orientação e atenção aos novos procedimentos e cuidados. As novas sinalizações estarão presentes nas tvs, telas, banheiros, mas também para artistas e profissionais que estarão trabalhando no local.

PROGRAMAÇÃO

Na programação estão confirmadas as seguintes atrações:
7 e 8 de novembro – Diogo Almeida
13 de novembro – Bruninho & Davi
14 de novembro – Maneva
15 de novembro – Vitão
21 de novembro – Varanda do Luan (Ex-integrante do UM44K)
28 de novembro – Atitude 67

 
DISTANCIAMENTO SOCIAL DINÂMICO
O distanciamento social dinâmico é adequado e ajustado para cada compra. O mecanismo foi criado para garantir, por meio do sistema no mapa de plateia, o distanciamento adequado entre o público. O sistema utilizado pela plataforma Uhuu (canal de comunicação, venda de ingressos, produtos e serviços) funciona sempre que uma nova compra é feita. Por exemplo, ao se adquirir dois assentos, automaticamente, o sistema fará o bloqueio do entorno dos lugares adquiridos, limitando a venda a nova capacidade da casa.

O SHOPPING
Na fase verde do Plano São Paulo, o cinema retoma a operação e o shopping pode funcionar por 12h, da seguinte forma:
 
Praça de alimentação:
Segunda-feira a sábado: 10h às 22h
Domingo: 11h às 22h
 
Restaurantes fora da praça de alimentação:
Segunda-feira a sábado: 11h às 22h
Domingo: 11h às 22h
 
Lojas e Quiosques:
Segunda-feira a sábado: 10h às 22h
Domingo: 14h às 20h
 
Cinema:
Bilheteria: Abertura às 12h30
Sessões: 13h30 às 20h (início da última sessão)
 
PROJETO ONLINE
A programação de lives no 
Instagram e no YouTube do Teatro Bradesco, lançada em agosto, segue inalterada e vem sendo sucesso de público. Prova disso são os números obtidos até o momento: acréscimo do número de seguidores no Instagram em cerca de 90%; público impactado superior a três milhões; mais de 250 mil interações entre curtidas e comentários. Até dezembro, novos e diversos perfis de atrações farão parte da programação. A curadoria artística é desenvolvida pela Opus Entretenimento que, ao lado do Bradesco, administra o teatro desde 2009. São artistas, músicos e palestrantes, em parcerias e formatos inéditos. A periodicidade é bissemanal no Instagram e mensal no YouTube. Além disso, todas as transmissões ao vivo contam com recursos de acessibilidade para pessoas com deficiência. As apresentações no YouTube têm audiodescrição e Libras. Já as lives no Instagram contam com libras e comunicação com a descrição #pracegover e #pratodosverem.
 
Bradesco e a cultura
Com centenas de projetos patrocinados anualmente, o Bradesco acredita que a cultura é um agente transformador da sociedade. Além do Teatro Bradesco, o banco apoia iniciativas que contribuem para a sustentabilidade de manifestações culturais que acontecem de norte a sul do País, reforçando o seu compromisso com a democratização da arte. São eventos regionais, feiras, exposições, centros culturais, orquestras, musicais e muitos outros. Assim como o Teatro Bradesco, muitas instituições e espaços culturais apoiados pelo banco promoveram ações para que o público possa continuar se entretendo – ainda que virtualmente – durante a pandemia da Covid-19. Recentemente, o banco lançou o Bradesco Cultura, plataforma digital que reúne conteúdo relacionado às iniciativas culturais que contam com o patrocínio da instituição. Visite em cultura.bradesco.
 
Opus Entretenimento
A Opus Entretenimento acredita no poder transformador da tríade culturaconteúdo e experiência e, desde 1976, já trouxe ao Brasil grandes nomes nacionais e internacionais. Administradora de teatros pelo Brasil nas regiões Nordeste, Sul e Sudeste, também faz a gestão artística de grandes nomes da música e do entretenimento brasileiro.

quarta-feira, 21 de outubro de 2020

Sturle Dagsland: músico norueguês lança single "Kusanagi"

Brain Productions Booking, que agencia e promove shows da The Baggios, Atalhos, Ema Stoned, Elephant Stone (Canadá), entre outros, anuncia um novo artista do cast: Sturle Dagsland, da Noruega, que em 2019 participou da SIM São Paulo em um concorrido e elogiado showcase, além de se apresentar também no Cine Joia (na festa da Balaclava Records).


Sturle Dagsland acaba de lançar o single ‘Kusanagi’, uma viagem sonora repleta de texturas e vibrações, que prepara o público brasileiro para seu disco de estreia. Selvagem, expresso, inspirado em sons da natureza e verdadeiramente idiossincrático, o esperado primeiro disco deste talentoso e inovador músico norueguês chega às plataformas de streaming dia 5 de fevereiro de 2021. Clique aqui para ouvirhttps://spoti.fi/3lNTYRf.

Com influências de música contemporânea a melodias ancestrais do seu país natal, com incursão de elementos eletrônicos, guitarras post rock, percussão e muito psicodelismo, Sturle Dagsland é uma joia rara no cenário musical mundial.

Björk, Sunn O))), Swans e Sígur Ros com respectivos experimentos e misturas, ajudam a referenciar o trabalho incomparável e minucioso dos noruegueses.

Diferentes vocalizações e o uso de instrumentos típicos de diversas partes do mundo, especialmente da música tradicional da Noruega, moldam a proposta de Sturle, que toca ao lado do irmão, Sjur. Ele canta em diversos momentos com a garganta, produzindo um som absolutamente único, enigmático, primal, com uma aveludada rusticidade.

Os músicos, que frequentemente se apresentam em festivais pelo globo, de Shangai a Nova Iorque, como Iceland Airwaves, Asia World Music, Barcelona Open Air, Sled Island e SXSW, fazem música com uma intensidade obscura, etérea e distópica, que prende a atenção da plateia e provoca sentimentos e contemplações plurais.

“Indescritível!” VICE

“Música na sua forma mais crua… é a afirmação da vida” LOUDER THAN WAR

“Diferente de tudo que já ouvi” THE QUIETUS

“Encantador!” THE NEEDLE DROP

“Extraordinária performance de guturais” THE INDEPENDENT




Capa do Single

Sturle Dagsland na internet

facebook.com/sturledagsland

youtube.com/user/sturledagsland

instagram.com/sturledagsland

Enviado por Tedesco Comunicação & Midia 

Eduardo Neves e Fernando Leitzke: fazem live musical gratuita neste sábado

O flautista e saxofonista carioca Eduardo Neves e o pianista pelotense Fernando Leitzke se reúnem virtualmente com o público neste sábado, dia 24 de outubro, às 15h, em uma live especial que une a musicalidade brasileira com a latina. No repertório do concerto estão presentes algumas das composições do projeto Candombaile Carioca, do qual o duo participa, além de músicas de algumas das maiores referências da dupla, como Pixinguinha e Bebo Valdés. O resultado é uma mistura animada de gêneros como camdombe, boleros, choros e valsas, com referências do Brasil, Cuba, Uruguai e dos países africanos. A apresentação será transmitida diretamente do auditório do Instituto Ling, em Porto Alegre, e poderá ser acompanhada gratuitamente pelo canal do YouTube do centro cultural Interessados em assistir podem se inscrever no site www.institutoling.org.br para receber notificações e não perder o horário da live.

Eduardo Neves é flautista, saxofonista, compositor e arranjador. Seu nome é uma referência no sopro brasileiro. Dono de uma linguagem particular na improvisação, está presente em centenas de gravações ao lado de grandes nomes da música como Maria Schneider, Hermeto Pascoal, Guinga, Paulinho da Viola, Luiz Melodia, Maria Bethânia, Omara Portuondo, Milton Nascimento e Gilberto Gil. Em 2017, recebeu o Prêmio da Música na categoria Melhor Álbum de MPB por produzir Elza Canta e Chora Lupi. Em 2020, lançou seu novo disco, chamado Olayá, em homenagem ao Rio de Janeiro e seu universo musical, com participações especiais de Zeca Pagodinho, Hamilton de Holanda, Seu Jorge e Raul de Souza.
 
Fernando Leitzke é pianista, compositor e arranjador. O pelotense vive há 10 anos no Rio de Janeiro e carrega em sua bagagem ritmos da cultura gaúcha. Em novembro de 2015, lançou seu primeiro disco, intitulado Rios que Navego, vencedor de quatro prêmios na categoria instrumental do Prêmio Açorianos de Música. Atualmente, dirige o grupo Candombaile Carioca, com foco na música latino-americana, ao lado de Eduardo Neves, Guto Wirtti e Aquiles Moraes. Faz parte do Quinteto Varandão, de Rafael Malmith; do grupo Choro da Ilha, com Ronaldo do Bandolim; e do quarteto de Rui Alvim. Em fevereiro de 2020, fez uma série de concertos em Nova York, em turnê ao lado do cantor Gabriel Cavalcante e do violonista João Camarero.
 
Esta programação é uma realização do Instituto Ling e do Ministério do Turismo / Governo Federal, com patrocínio de Crown EmbalagensFitesa e America Tampas e curadoria e produção da Branco Produções.
 
 
SERVIÇO – PROGRAMAÇÃO ON-LINE – MÚSICA
Show com Eduardo Neves e Fernando Leitzke
Dia 24 de outubro, sábado, às 15h
Gratuito, com transmissão ao vivo pelo canal do YouTube do Instituto Ling
Interessados em assistir podem se inscrever no site www.institutoling.org.br para receber o link direto de transmissão e notificações para não perder o horário da live

 
Classificação etária: Livre
Duração: 60 minutos
 
Informações úteis
institutoling.org.br
Fone: 51 3533-5700
Email: instituto.ling@institutoling.org.br

segunda-feira, 19 de outubro de 2020

50 Tons de Pretas: single e disco em novembro em lives com entrevistas e show

Quando Dejeane Arruée e Graziela Pires decidiram criar a banda 50 Tons de Pretas, talvez não vislumbrassem em seu horizonte o tamanho do sucesso que viria em tão pouco tempo. No entanto, já tinham a percepção de que estavam criando algo transformador, pulsante e representativo. Passados três anos, elas lançam seu primeiro disco, Voa nos formatos digital e físico. O disco terá live com show de lançamento dia 20 de novembro, mas pra quem já está curioso pra conferir o trabalho, elas adiantam no dia seis de novembro o lançamento do single Voa, também em uma live nas redes da banda.


Esse trabalho vem sendo construído desde 2017, de forma independente, e contou com apoio do público em financiamento coletivo. “A ideia seria lançar ainda em 2018, mas adiamos para 2019 por conta de nossa primeira turnê. Mas produzir um disco, entrar em estúdio e finalizar não é tarefa simples, então, pra deixar do jeito que queríamos, optamos por lançar com calma em 2020, e aqui estamos”, afirmam Dejeane e Graziela. Para coroar essa estreia tão importante, as gurias incluíram no disco uma canção composta em parceria com Macau, compositor de ‘Olhos coloridos’. A música foi escrita durante viagem ao Rio de Janeiro em 2019.

Além da banda que já acompanha as artistas Dejeane Arruée (vocal e trombone) e Graziela Pires (vocal), formada por João Costa (bateria), Vladimir Godoy (baixo) e Gustavo Nunes (violão), fizeram parte deste disco vários músicos convidados, além de algumas participações bem especiais, como Tonho Crocco e Tati Portella. O disco foi gravado em diferentes estúdios, entre eles Tabuleiro e Áudio Porto. A masterização final é de Marcos Abreu.

O tira-gosto chega para o público dia seis de novembro. É o single da música Voa, uma das mais emblemáticas composições e que dá nome ao disco.  “Voa é uma música de liberdade, de reconhecer a sua potência interna. Fazer do verbo voar uma inspiração para seguir em busca de seus sonhos, enfrentar as dificuldades e saber que o nosso destino é sonhar e realizar. A canção veio numa tarde de inspiração, assim como ela se apresenta no disco” afirmam as Pretas.


Sobre 50 Tons de Pretas

Nesse curto tempo de existência, a banda acumula um repertório representativo e diverso, com uma força que transcende a própria obra. Mescla muito bem suas referências e traça um diálogo aberto com pop, samba, rock e com a música popular brasileira como um todo.

Além de grandes compositoras, musicistas e arranjadoras, ambas desenvolvem trabalhos como educadoras para crianças e adolescentes. O papel de educadoras reflete na maneira como conseguem trazer com naturalidade e leveza temas sociais fortes e de reflexão. É uma música alegre, pra cima e dançante. Mas estão presentes nas letras temas que envolvem mulheres negras, feminismo, diferença de classes, a esperança de uma sociedade igualitária e o fortalecimento da mulher. As Pretas, como são também conhecidas, chegam para entreter, mas, acima de tudo, para fazer pensar. A arte é o fio condutor de um engajamento espontâneo de quem traz uma bagagem cultural e social plural.

O cunho político está presente em canções que buscam refletir sobre o ainda pequeno espaço ocupado pela mulher negra, a necessidade de empoderamento feminino. “Preta, olha aonde você chegou, pois um dia acreditou que a vida ia sorrir pra ti...” diz a letra do primeiro single lançado pelas por elas, canção esta, que deu nome ao espetáculo que circulou por mais de 15 cidades em 2018. Com este show foram indicadas ao Prêmio Açorianos de Música na categoria Melhor Espetáculo, em 2019.

Seu primeiro espetáculo recebeu o nome de “A mais pura verdade”.  Intenso, vibrante e contagiante, apresentou uma grande diversidade de ritmos e contou com a direção cênica da atriz e diretora teatral Deborah Finocchiaro e projeção de imagens do artista Leandro Selister, que integrou ao show seu trabalho fotográfico presente no projeto #Tristicidade, cartografias do abandono e da (in)visibilidade dos moradores de rua da cidade de Porto Alegre.

Virada Cultural -  Virada Sustentável, Parada de Luta LGBTI,  Cerimônia de premiação do 46º Festival de Cinema de Gramado , show no Multipalco do Theatro São Pedro  e uma turnê promovida pelo SESC marcaram a trajetória da banda.


50 Tons de Pretas

● Live no dia 06/11, às 18h18min - com entrevista com Lúcio Brancato pelo Instagram da Audio Porto

● Live no dia 20/11, às 20h - com show de lançamento do disco Voa (com a banda que as acompanha)

Redes da banda:

https://www.facebook.com/50tonsdepretas/

https://www.instagram.com/50tonsdepretas/?hl=pt-br

https://www.youtube.com/channel/UCrJgSQ4g5xvmtGrwDRVKqkQ

Fotos: Rogério Soares

Enviado por Bebê Baumgarten Comunicação

Allen Key: lança o tão esperado single Straw House

 

Crédito: @jowhead

“Straw House” é a primeira música lançada pela banda Allen Key, mas a estreia via Canil Records carrega ao menos oito anos de projeções, criações e ajustes para enfim soltar esta canção hard rock eletrizante, pesada, com nuances de trilha sonora. Ouça aqui: http://bit.ly/Straw_House.

É um hard que se sobressai com vocais femininos agudos e melódicos, entre momentos suaves e agressivos, sempre acompanhados por um instrumental cirúrgico e dinâmico. Pantera, Evanescence, Linkin Park e Gorija são algumas das influências.

“Straw House”, produzida, mixada e masterizada na LoudFactory (São Paulo), conta a história de um amigo da vocalista que, anos atrás, sofreu abusos num relacionamento, um enredo com começo, meio e fim, embalado com distintos sentimentos, tensões, apreensões e uma mensagem. Como uma trilha sonora de um filme.

A versatilidade da Allen Key expressa tudo isso em sons e sensações e é sobre sensibilidade e transgredir emoções que a banda veio para ficar. Além de Karina Menascé (Mercy Shot), que é vocalista e baixista, tem Victor Anselmo (guitarrista), Pedro Fornari (guitarra) e Felipe Bonomo (bateria).

A música de estreia da Allen Key também chega em um impactante lyric video. “Queremos que o clipe mostre a força do rinoceronte, como se ele fosse o parceiro ferido, começando com os seus olhos em chamas, ele correndo em direção, até a casa onde tudo está pegando fogo, e ele dentro de um hexágono de fogo, com tudo em chamas ao seu redor”, revela a banda.

A Allen Key já tem outras músicas em fase final de produção e, também via Canil Records, serão lançadas em muito breve. A previsão do próximo single é janeiro de 2021.



CORPO FUTURO, a revista de arte do PORTO ALEGRE EM CENA será lançada amanhã

Com todas as transformações que a pandemia e o isolamento social trouxeram ao 27°Porto Alegre Em Cena, tornando esta edição a mais digital da história do festival, um produto analógico também vai ficar marcado no evento de 2020. Para perpetuar ainda mais o expressivo conteúdo desta edição – e também o que (ou quem) nele não pode estar – o festival deixou para trás o catálogo de programação e mandou para a prensa uma esplendorosa revista de arte, um produto raro no Brasil.

Modelos: Iara e Bento. Série "UTOPIA", com direção artística de Alma Negrot. Fotografia de Carlos Sales)

A Corpo Futuro, com 174 páginas, em formato 25cm x36cm e papel especial é uma publicação de tirar o fôlego e estará à venda nas livrarias Baleia, Bamboletras e Traça, na Capital a R$ 30. Corpo Futuro é uma coletânea de textos e imagens pensadas para a contemplação e a perpetuação da arte impressa, em uma revista para colecionadores, pesquisadores, artistas e pensadores em geral. Fãs da arte, enfim.

Muitos dos trabalhos apresentados na publicação são inéditos e criados especialmente para a ocasião. Mais do que um compêndio que reúne artistas de artes cênicas, colocando seus conhecimentos à disposição de todos, o Em Cena abraça nestas páginas conteúdos de pensadores não exclusivamente vinculados ao teatro.

 

“A ideia é fazer o pensamento circular, como é a base do Porto Alegre Em Cena, assim como promover o encontro de muitas pessoas que por aqui passariam, em um único local, compartilhando conhecimentos e unindo análises que se complementam”, explica  Fernando Zugno, coordenador geral e curador do Em Cena.

 

Entre artigos exclusivos e depoimentos de diferentes pensadores, em comum o fato de todos estarem conectados com questões que envolvem as linhas de curadoria do festival. Na Corpo Futuro é possível folhear divagações e imagens sobre o corpo humano, a natureza, a expressão indígena, o afrofuturismo e o pensamento contestador em diferentes formas.

Entre os destaques, o texto de Donna Haraway, traduzido pela primeira vez no Brasil e publicado com exclusividade em Corpo Futuro. Entre as imagens igualmente inéditas e impactantes, estão as ilustrações e desenhos pensados para a publicação por Xadalu, Linga Acácio e Rafael Rodrigues, entre outros.

 

Estão reunidos em Corpo Futuro quem estaria presente no festival, e pela pandemia não pode, assim como foram convidados personagens de tantas e tantas histórias que o festival já contou e apresentou. São apenas mil exemplares, reunindo uma grupo único de pensadores. Bell Hooks, Ailton Krenak, Eliane Brum, Nuno Ramos, Raimunda Gomes da Silva, Castiel Vitorino Brasileiro, Jota Mombaça, Daniel Thomas e muitos outros dividem suas palavras e pensamentos nesta publicação.

As imagens, que também têm espaço nobre nas páginas, são obras de arte de profissionais como Vic Macedo, Alma Negrot e Thiago Martins de Melo, apenas para citar alguns. A revista será lançada no dia 20 de outubro, e traz anexo um pôster criado por Xadalu como presente comemorativo desta edição histórica.

 

Serviço:

Corpo Futuro, edição número 1

Lançamento: dia 20 de outubro, às 19h, no @poaemcena
Tamanho: 25cm x36cm, capa em Opaline diamond telado 240g
Preço: R$ 30
Páginas: 174
Pontos de venda: livrarias Baleia, Bamboletras e Traça, em Porto Alegre

Edição online e gratuita pelo link:  www.portoalegreemcena.com/corpofuturo

Editor responsável: Fernando Zugno
Diagramação e arte final: Dídi Jucá

Colaboração Curatorial: Gabriela Poester

Colaboração Criativa: Bruno Barros

 

Confira a programação completa em PORTO ALEGRE EM CENA  

 

27º Porto Alegre em Cena é apresentado pelo  Ministério do Turismo, por meio da Secretaria Especial da Cultura, Secretaria de Estado da Cultura e Prefeitura de Porto Alegre através da Secretaria Municipal da Cultura. Conta com patrocínio de Itaú, PMI Foods, Braskem e Panvel Farmácias. Tem apoio de Sinergy, RBS TV, TVE e FM CulturaPrimeira Fila Produções e Leão Produções são as agentes culturais. O projeto é financiado pelo Pró-cultura RS, Governo do Estado do Rio Grande do Sul.


Enviado por Agência Cigana