Chico Buarque, valeu a espera! - Como foi o primeiro dos três shows em POA

Escrito por Henrique Pedregosa

A turnê "Caravanas" de Chico Buarque chegou nesta última sexta-feira (17) a Porto Alegre. A princípio seriam duas apresentações na capital gaúcha, mas o retorno do músico aos palcos, após um hiato de quase sete anos, resultou em um show extra; e três dias de casa cheia.


Desde a entrada, a atmosfera era de euforia comedida, de um público que variava entre velhos e novos fãs, trocando experiências de shows anteriores ou sobre o que aguardavam da vindoura noite.


O Auditório Araújo Vianna estava com seus mais de 3 mil lugares tomados por fãs deste que é um dos maiores nomes da música popular brasileira.

Exatamente às 21h14 abriram-se as cortinas do palco, que ganhou um pequeno avanço neste show em relação ao palco original do auditório. Deste momento em diante, a performance que iniciou com "Minha Embaixada + Mambembe", até completar 1 hora e 40 minutos de apresentação com "Paratodos", foi mais do que perfeita.

Passando pelo cenário que movimentava-se com seus móbiles,  a iluminação de ótimo gosto, a incrível banda que vale um show à parte formada por João Rebouças (piano), Bia Paes Leme (teclados e vocais), Chico Batera (percussão), Jorge Helder (contrabaixo), Marcelo Bernardes (flauta e sopros), Jurim Moreira (bateria) e Luiz Claudio Ramos (violão), resultou num show perfeito, único, assim como o mestre Buarque.




Chamava atenção foi o encantamento do público para com um Chico muito mais leve e menos tímido no palco;  brincando com a banda, ou correndo e cumprimentando os fãs no decorrer do show.

O coro de vozes que ecoava na tradicional casa de espetáculos em algumas canções, talvez pudesse ser maior se o som estivesse com maior pressão. Para os mais desavisados, e acostumados com outro tipo de sonoridade, isso pode até soar estranho ou baixo, mas as nuances da banda, variações de volume e dinâmica do show foram coisas muito prazerosas de assistir.

Após um ainda tímido “Boa noite Porto Alegre”, veio "Partido Alto" e com o acompanhamento de piano e percussão o público cantou "Iolanda" em uníssono com o músico.

Em "Casualmente", Chico toca blocos e destaca a parceria já consagrada com Jorge Heldner, que no show intercala a execução magistral, ora com o baixo elétrico, ora com o baixo acústico. Esta canção foi a primeira faixa executada do álbum "Caravanas", que foi tocado na íntegra, em um repertório bem mesclado com diversos clássicos.


Não seria exagero, aliás, dizer que várias faixas do novo álbum que intitula a turnê, já tornaram-se clássicos, levando-se em conta a qualidade do material e a empolgação do público acompanhando-as. Há quem diga ainda que o mestre parou no tempo; discordo.

Na canção "A Moça do Sonho", Chico deixa de lado o seu violão e neste momento recebe um buquê de rosas entregues por uma fã, simbolizando talvez, o carinho que todo o público presente gostaria de retribuir ao ídolo.

Edu Lobo e Tom Jobim são mencionados como parceiros em letras que Chico diz “escreveu para músicas que ele gostaria de ter feito”. Começa então "Retrato em Branco e Preto" feita em parceria com Tom.


Em "Desaforos", é possível prestigiar o genial percussionista Chico Batera tocando vários instrumentos, incluindo o vibrafone e seu lindo som. A esta altura Chico já está sentado, e mal se percebe uma discreta falha em seu assobio no final da canção.

"Injuriado", e "Dueto" são sucedidas de grandes aplausos, ainda mais quando, nesta última, Chico e Bia Paes Leme brincam com a letra, para deleite da multidão.

Eis que chega o momento da malandragem, com "A Volta do Malandro", que inicia-se lenta e baixa mas cresce no decorrer da canção, ganhando o público. E "Homenagem ao Malandro", o arranjo permite ao público cantar a plenos pulmões, fazendo do Bom Fim, uma verdadeira Lapa.

Luiz Claudio Ramos, o “Maestro do Chico”, além dos violões, também foi responsável pelos belos arranjos do show.


"Palavra de Mulher" e "As Vitrines" hipnotizaram todos o presentes. Já a divertida, e ao mesmo tempo saudosista "Jogo de Bola", empolgou o público com sua letra irreverente, porém realista em relação ao passar do tempo.

Então Chico homenageia seu neto, que fará 22 anos no próximo dia 22. Chico Brown, é multi-instrumentista e compôs "Massarandupió" – nome que leva a praia onde Chico comentou, durante o show, ter frequentado com sua família. O belo cenário então destaca-se, com movimentos das cordas, dando a impressão que estávamos contemplando, ali, o mar baiano.

"Outros Sonhos" agradou principalmente os presentes com sua linda letra e, em "Blues Pra Bia" – um verdadeiro “slowfox”, a banda convida a todos a baterem palmas, estalando os dedos.


O som parece ganhar mais peso em "História de Lily Braun",  onde até mesmo as luzes brincam com o público e a letra, direcionando a claridade na plateia, no trecho da canção onde ouve-se “...foco de luz..”. A iluminação por sinal, fez-se impecável e de bom gosto, só chamando atenção para si, neste momento ou quando cria formas geométricas no cenário. Emenda-se um medley com "A Bela e a Fera", onde Chico em certo momento engasga-se. Nada relevante, pois em seguida, apenas acompanhado do piano de João Rebouças, o público vai ao delírio com "Todo o Sentimento", literalmente.

Em um dos momentos àpices do show, Chico Buarque levanta-se apenas com o microfone em punho e canta a já consagrada "Tua Cantiga", resultando em contínuos e fortes aplausos. Foi a deixa para o público, em peso, fazer ecoar pelo auditório os gritos de “Lula Livre”. Em menor peso, surgiram vaias esporádicas, quando os gritos cessaram. No entanto Chico limitou-se a sorrir e aplaudir o protesto. Coincidência ou não, o primeiro verso da música seguinte, "Sabiá" – parceria com Tom Jobim diz: “Vou voltar! Sei que ainda vou voltar, para o meu lugar..."


O show é dedicado a Wilson das Neves, baterista e compositor, morto em agosto/2017. Chico quebra qualquer possibilidade de tristeza na perda do amigo, ao utilizar o seu característico chapéu, e dançando interpreta "Grande Hotel", um clássico que os fãs habituaram-se a ouvir em seus shows. “Saravá Chefia” ele saúda.

Mais solto que o habitual, Chico brinca colocando o chapéu em seu roadie que traz de volta o violão, em "Gota d’Água". Na sequencia, a última das nove faixas do mais recente disco lançado em 2017, "As Caravanas".  Com certeza, mais um novo clássico, muito bem executado pela experiente banda que acompanha o artista há bastantetempo. Desta vez o móbile brinca de ser o sol, remetendo a um trecho da canção.

Após "Estação Derradeira" + Minha Embaixada Chegou, Chico agradece e sai do palco pela primeira vez, sob ininterruptos gritos e aplausos da platéia, e obviamente retorna em seguida para o bis.


Então para alegria dos fãs, em um belo arranjo de piano, inicia-se o clássico Geni e o Zepelim. Na medida que a música transcorre, os demais instrumentos surgem com força, destacando-se a bateria de Jurim Moreira, que substitui à altura Wilson das Neves. Em seguida, "Futuros Amantes" é executada, com um belo solo de flauta de Marcelo Bernardes. A esta altura, o público todo já estava em pé. Os mesmos poucos que vaiaram o protesto anteriormente, agora xingam pedindo para todos os demais sentarem.

Mais uma vez Chico agradece sob aplausos e sai do palco, para retornar pela última vez com a bela "Paratodos".

Um final apoteótico com direito a corridas pelo palco, danças e sorrisos foi visto. A performance irretocável encerra-se às 22h56, deixando todos que retornaram para suas casas maravilhados com o espetáculo.

Muito mais desinibido, com qualidade e novidades, mais uma vez Chico Buarque nos brinda com sua genialidade, superando as expectativas até mesmo de seus maiores fãs.



Setlist:

Minha Embaixada Chegou + Mambembe
Partido alto
Iolanda
Casualmente *
A moça do Sonho *
Retrato em Branco e Preto
Desaforos *
Injuriado
Dueto *
A volta do Malandro
Homenagem ao Malandro
Palavra de Mulher
As Vitrines
Jogo de Bola *
Massarandupió *
Outros Sonhos
Blues Pra Bia *
A História de Lily Braun + A Bela e a Fera
Todo o Sentimento
Tua Cantiga *
Sabiá
Grande Hotel
Gota d’Água
As Caravanas *
Estação Derradeira + Minha Embaixada Chegou

Bis
Geni e o Zepelim
Futuros Amantes

Bis II
Paratodos

* Músicas do mais recente álbum “Caravanas”

Fotos: Sônia Butelli Coimbra

Veja mais fotos do show AQUI.

Agradecimentos à Agência Cigana.





Continue Lendo...

The Outfit: banda inglesa está agendando shows na América do Sul

foto: divulgação
Após impressionantes apresentações com o lendário Cockney Rejects pela América do Sul, o vocalista Jeff Turner ficou extremamente empolgado e agora quer voltar, desta vez, trazendo na bagagem o seu projeto chamado The Outfit aos seus enlouquecidos fãs.

A CP Management começou a negociar datas no Brasil e Argentina, de 10 a 21 de outubro. A produtora quer levar o poderoso show de Jeff Turner (vocal - Cockney Rejects), Louis Bowers aka Reason (vocal/teclado - Panning for Gold/Dishy Tangent), Wayne Maynard (guitarra – Dishy Tangent/ex-East End Promises), Del Sajiwandani aka Sonic (teclado/guitarra – Kinetic/Electric Fringe/Dishy Tangent),Lewis Youles (baixo - East End Promises) e Ray Dust Bussey (bateria – Argy Bargy/Knuckledust) ao máximo de cidades possíveis, portanto, existe a possibilidade de a excursão se entender e ganhar datas também no Chile e Uruguai
.
As bem-sucedidas performances por todo o Reino Unido, os músicos conquistaram tantos elogios que ganharam confiança para invadir novos territórios e estão se preparando para alçar voos cada vez maiores.

The Outfit conta com seis artistas vindos de Canning Town e Custom House, zona leste de Londres. Embora três membros se conheçam há muitos anos, a ideia de formar a banda surgiu em dezembro de 2013 com o objetivo de misturar diversos estilos.

Neste momento, o grupo está se trancafiado em estúdio trabalhando no tão aguardado álbum sucessor do debut “Music” e do elogiado “Forgotten Class”. A sonoridade  é a perfeita fusão do indie, rock, hip-hop e rap, com melodias cativantes para cantar com toda a força nos pulmões.

Promotores interessados em contratar este espetáculo devem entrar em contato através dos e-mails, runawayrec@hotmail.com, cacaprates@live.com ou pelos telefones ID 55*11*43758, (55 11) 98149.9987- (WhatsApp) e (55 11) 99557.8358 (WhatsApp).

Links relacionados:
https://www.facebook.com/TheOutfitLDN
https://www.facebook.com/cacapratesmanagement
https://www.facebook.com/UltimateMusicPR

Please And Thank Yous
Dangerous Times




Enviado por The Ultimate Music Press
Continue Lendo...

Produto Nacional: com quase 30 Anos de história faz show no Sub Club Cultural, sexta, em POA


A banda Produto Nacional é a atração do "Reggae in Sub", marcado para sexta-feira (17/08), no Sub Club Cultural (Joaquim Nabuco, 288, em Porto Alegre). Além do veterano grupo gaúcho, na ativa desde 1989, a festa ainda conta com os DJs Rodrigo Funchal Zucoloto e Geraldo Alcântara Leal tocando clássicos do reggae, da surf music, do rap, do roove e do R&B.

Divulgação

 Precursora do reggae no Rio Grande do Sul, fundada em 1989, a Produto Nacional continua sendo reverenciada como uma das mais importantes bandas do gênero no Brasil.

Com personalidade e sonoridade muito peculiares, o conjunto vem, nesses 29 anos ininterruptos de atividade, fazendo um reggae original, pesado e com letras fortes. Questões importantes, como temas políticos, sociais e raciais estão sempre em pauta nas composições do grupo, abrindo janelas para o amor, a positividade e a alegria de se viver em paz com os semelhantes.

Nos últimos tempos, a Produto Nacional está se programando para comemorar os 30 anos de estrada em 2019. A ideia é montar uma apresentação repleta de músicas conhecidas, além de composições novas, para confraternizar com o público.

Serviço:
Produto Nacional
Local: Sub Club Cultural (Joaquim Nabuco, 288).
Data: 17 de agosto (sexta-feira) às 23h.
Ingressos:
Lote promocional — R$ 20,00 (com o produtor do evento, Leo Bico: (51) 98916-5530).
Primeiro lote — R$ 25,00 (no Sub, em dia e horário de eventos).
Na hora — R$ 30,00
Pontos de venda:
Sub Club Cultural — Rua Joaquim Nabuco, 288. Fone: (51) 99129-1507
Atenção:
Classificação: 18 anos
É OBRIGATÓRIO o acesso ao evento com algum documento oficial de identificação que tenha foto;
Casos de assédio, abuso, racismo e homofobia não serão tolerados
Produção: Grooveproduçãoefotografia e Leo Bico

 Mais informações sobre agenda, atrações e promoções nas redes sociais:
Facebook
Instagram
www.subclubcultural.com

Enviado por Homero Pivotto Jr.
Jornalista e assessor de Imprensa 
Continue Lendo...

25º Porto Alegre Em Cena: começa nesta quarta-feira a pré-venda de ingressos


A partir desta quarta-feira (15), o público já poderá adquirir ingressos para boa parte da programação do 25º Porto Alegre Em Cena – que será realizado entre 11 e 23 de setembro. A pré-venda será realizada via internet, no site uhuu.com/poa-em-cena, e também na bilheteria oficial instalada no BarraShoppingSul (em frente à Panvel - 1º Piso - Nível Jockey)das 13h às 22h (exceto aos domingos).

Nesta primeira etapa de vendas, estarão disponíveis entradas para a montagem nacional Grande Sertão: Veredas, dirigida por Bia Lessa (que terá sessões dias 15 e 16 de setembro, no Teatro do Sesi) e para o espetáculo de abertura, do grupo instrumental Höröyá (dia 11, no Theatro São Pedro). Também já serão vendidos ingressos para peças locais que concorrem ao Prêmio Braskem Em Cena (A Mulher Arrastada, Chapeuzinho Vermelho, Espalhem Minhas Cinzas na EuroDisney, Hiato, Imobilhados, Pequeno Trabalho para Velhos Palhaços, Qual a diferença entre o charme e o funk? e Vincent) e para os shows musicais no bar Agulha (Filipe Catto, Maria Beraldo e Sambas do Absurdo). Para os demais espetáculos do festival, a venda começa em 1º de setembro (mais detalhes abaixo).


O 25º Porto Alegre em Cena é uma realização do Governo Federal, através do Ministério da Cultura, e daPrefeitura de Porto Alegre. O patrocínio master é da Braskem e o patrocínio é de Panvel Farmácias, BarraShoppingSul Multiplan. Os agentes culturais são a Primeira Fila Produções e a Leão Produções. Apoio institucional do Grupo RBS, TVE e FM Cultura. Apoio cultural do Programa Pontes (uma parceria da Oi Futuro com o British Council), Vitlog, Sesc - Sistema Fecomércio e Theatro São Pedro. O festival conta com financiamento Pró-cultura RS, mecanismo de incentivo à cultura da Secretaria de Estado da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer do Rio Grande do Sul.


INGRESSOS – 25º PORTO ALEGRE EM CENA

Espetáculos nacionais e internacionais


Theatro São Pedro
Plateia e camarote central – R$ 80 / R$ 40 (meia)
Camarote lateral – R$ 60 / R$ 30 (meia)
Galeria – R$ 20 / R$ 10 (meia)

Espetáculo de abertura – Höröyá
Todos os setores – R$ 20 / R$ 10 (meia)

Teatro do Sesi
Plateia baixa e plateia alta – R$ 80 / R$ 40 (meia)
Mezanino – R$ 30 / R$ 15 (meia)

Agulha
Antecipados (ou 1º lote) – R$ 60 / R$ 30 (meia)
No dia (ou 2º lote) – R$ 80 / R$ 40 (meia)
Crachá participante – R$ 20 (valor único - venda conforme disponibilidade, 30 minutos antes do início do show)

Demais espaços culturais
Plateia – R$ 80 / R$ 40 (meia)


Espetáculos locais

Instituto Ling – A Fome
Plateia – R$ 40 / R$ 20 (meia) – vendas somente no local


13º Prêmio Braskem Em Cena
Plateia – R$ 30 / R$ 15 (meia)

Theatro São Pedro - Caverna
Plateia e camarote central – R$ 40 / R$ 20 (meia)
Camarote lateral – R$ 30 / R$ 15 (meia)
Galeria – R$ 10 / R$ 5 (meia)

Descontos (valor promocional – um ingresso por pessoa, por espetáculo):
Estudantes, professores e classe artística
Pessoas com deficiência
Pessoas com mais de 60 anos
Clientes da Panvel
Comerciários Sesc
Funcionários da Prefeitura Municipal de Porto Alegre
Funcionários da Braskem
Funcionários do Sistema Fiergs
Clube do Assinante ZH

Pontos de venda
Taxa de conveniência: 20%
Formas de pagamento: Visa, Master, Diners, Hipercard, American Express e Elo (crédito à vista), transferência bancária ou depósito (até 48h antes do espetáculo)
SAC: falecom@uhuu.com (retorno em até dois dias úteis)
Retirada de ingressos: Pode-se apresentar o e-ticket no celular ou impresso. Não é necessária a troca de ingressos na bilheteria do teatro.
Cancelamentos: o cancelamento pode ser realizado até sete dias após a compra, desde que com antecedência mínima de 48h do espetáculo.

Bilheteria oficial – BarraShoppingSul (em frente à Panvel - 1º Piso - Nível Jockey)
Horário: segunda a sábado, das 13h às 22h
Formas de pagamento: dinheiro, Visa, Master, Diners, Hipercard, American Express e Elo (crédito à vista); Maestro, Visa Electron, Hiper, Elo, Banrisul e Vale Cultura da Ticket (débito)

CMC – Centro Municipal de Cultura (Avenida Erico Verissimo, 307)
Exclusivamente em dias de espetáculo na Sala Álvaro Moreyra e Teatro Renascença - Uma hora antes do início da apresentação. Sem taxa de conveniência.

Quando houver disponibilidade de ingressos no dia do espetáculo, as entradas serão vendidas uma hora antes do início da apresentação, diretamente no teatro (venda em dinheiro e cartões de crédito e débito). Informações pelo telefone (51) 3289-8169.





Continue Lendo...

Maria Rita: se apresenta com Andrea Bocelli em POA, Brasília e SP

Consagrada internacionalmente, dona de voz delicada e potente, segundo o jornal The New York Times, Maria Rita participará dos concertos da turnê brasileira do tenor, inaugurando parceria inédita



Única cantora brasileira a ser premiada como “Melhor Artista Revelação” do Grammy Latino, Maria Rita está com álbum novo – Amor e Música – e foi convidada por Andrea Bocelli para atuar em sua turnê pelo Brasil, realizada pela empresa Dançar Marketing. Prestes a completar 41 anos, em 9 de setembro, em apenas 16 anos de carreira Maria Rita já vendeu milhões de CDs e DVDs em todo o mundo e é um grande ícone da música brasileira, considerada pela mídia especializada a maior representante de sua geração.

Filha da legendária Elis Regina, Maria Rita desenvolveu dicção própria, associando a potência da voz a registros delicados. Embora Bocelli e Maria Rita tenham repertórios e pertençam a tradições diferentes (ópera e MPB, respectivamente), ambos têm em comum a capacidade de dotar suas interpretações de um alcance lírico raro tanto entre cantores eruditos quanto populares. E a forma hipnotizante com que Bocelli transita entre o clássico e o pop fazem de Maria Rita sua interlocutora ideal na maior turnê já realizada pelo artista italiano no país que tem uma das mais vigorosas linhagens da música internacional.

Após 14 anos, Andrea Bocelli lança seu novo álbum, Si, em outubro, e a música de trabalho If Only será apresentada em primeira mão ao público brasileiro durante a turnê em setembro. Andrea Bocelli estará no Brasil no próximo mês e se apresentará em Porto Alegre (Estádio Beira-Rio23 de setembro), Brasília (Estádio Nacional, dia 26 de setembro) e São Paulo (Allianz Parque29 e 30 de setembro).


SERVIÇO
ANDREA BOCELLI BRASIL TOUR 2018

Andrea Bocelli em Porto Alegre
Domingo, 23 de setembro, às 20 horas - abertura dos portões às 16 horas
Estádio Beira-Rio 
Classificação: 16 anos
Realização: Dançar Marketing
Ingressos a partir de R$ 150,00.
Vendas no site oficial: uhuu.com

Pontos de vendas:
Bilheteria Teatro Bourbon Country
Segunda a sábado, das 10h às 22; domingo e feriados, das 14h às 20h
Bilheteria do Teatro Feevale
Universidade Feevale
Segunda a sexta, das 9h às 20h, sábado, das 9h às 13h
Bourbon Shopping NH
Quiosque Teatro Feevale
Avenida Nações Unidas, 2001, Piso 2, Novo Hamburgo, RS
Segunda a sábado, das 13h às 20h
______________________________________________________________________________

Andrea Bocelli em Brasília
Quarta-feira, 26 de setembro, às 20 horas – abertura dos portões às 16 horas
Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha – SRPN - Asa Norte, Brasília - DF
Classificação: 16 anos
Realização: Dançar Marketing
Ingressos a partir de R$ 125,00.
Vendas nos sites oficiais: livepass.com.br ou tudus.com.br

Pontos de vendas:
Fnac Brasília*
SAI/SO área 6580 LUC, 149p – Guará
Segunda a Sábado, das 10h às 22h; domingos e feriados, das 13h às 20h.
*Não permite retirada de ingressos adquiridos pela internet. Sujeito à cobrança de taxa de conveniência.
______________________________________________________________________________

Andrea Bocelli em São Paulo
Sábado, 29 de setembro, às 21 horas - abertura dos portões às 17 horas
Domingo, 30 de setembro, às 19 horas - abertura dos portões às 15 horas
Classificação: 16 anos
Realização: Dançar Marketing
Ingressos a partir de R$ 150,00.
Vendas no sites oficiais: tudus.com.br (29/09) e ingressorapido.com.br (30/09)

Pontos de vendas:
SEM TAXA DE CONVENIÊNCIA
Bilheteria Allianz Parque

COM TAXA DE CONVENIÊNCIA
Armazém Entretenimento Top Center Shopping
Teatro das Artes Shopping Eldorado
Teatro Porto Seguro
Show Tickets Shopping Iguatemi
Shopping Iguatemi, 3° Piso, Loja S02 - 
Eataly
Empório Frei Caneca Bebidas Do Mundo
Shopping Frei Caneca, R. Frei Caneca, 569 - Piso 3 - Bela Vista
Baby Beef Jardim
Ville Du Vin: Shopping Iguatemi Alphaville

Dançar Marketing
Com uma história repleta de pioneirismo, a Dançar Marketing movimenta o mercado de marketing cultural brasileiro há mais de 35 anos. A agência firmou um marco importante para a democratização cultural, sendo a primeira a realizar grandes apresentações Open Air no país, como o Concertos de Vinólia, o maior evento de música clássica ao ar livre já realizado no Brasil. Fundada em 1982, a partir da criação do primeiro periódico especializado em dança da América Latina –a Revista Dançar–, a empresa reúne milhões de espectadores em seus incontáveis espetáculos, shows, projetos proprietários e sociais. Em seu portfólio estão grandes turnês internacionais de artistas icônicos como Andrea Bocelli, Sarah Brightman, George Benson, Joss Stone, Diana Krall, Norah Jones, Chris Cornell, Jeff Beck, Richie Sambora, entre outros. A Dançar esteve sempre à frente do mercado na concepção e na realização de projetos como Telefônica Open Jazz, HSBC Music Series, Avon Woman in Concert, Criação Teatral Volkswagen, Viagem Nestlé pela Literatura, AstraZeneca Viva A Cultura!, entre outros; exposições como Riachuelo Mostra Moda e Samsung Rock Exhibition e festivais como Samsung e-Festival e Samsung Best of Blues – o qual, na edição de 2017, trouxe um dos maiores guitarristas do mundo, Joe Satriani.

Enviado por Jéssica Barcellos
Assessoria de Imprensa
Continue Lendo...

Flogging Molly: confirma terceiro show no Brasil em outubro

Banda está na estrada promovendo o novo álbum “Life is Good” - divulgação

Após anunciar show em Curitiba (05/10 - Hermes Bar) e São Paulo (06/10 - Carioca Club), o renomado grupo irlandês/norte-americano Flogging Molly acaba de confirmar passagem por mais uma cidade do Brasil.

Uma das mais influentes e respeitadas bandas do gênero Celtic Punk da história também levará a turnê promocional do seu mais novo aclamado álbum “Life is Good” ao Rio de Janeiro (07/10 - Circo Voador). Os ingressos para as três apresentações já estão à vendaMais informações no serviço abaixo

Dono de clássicos como “Drunken Lullabies”, “Devil's Dance Floor”, “What's Left of the Flag”, “The Seven Deadly Sins”, “If I Ever Leave This World Alive”, “Float”, “Requiem for a Dying Song”, o Flogging Molly retorna ao Brasil, seis longos anos após apresentação de estreia.

Dave King (vocal/guitarra), Bridget Regan (fiddle, tin whistle), Dennis Casey (guitarra), Matt Hensley (acordeom), Nathen Maxwell (baixo), Bob Schmidt (bandolim/banjo) e Mike Alonso (bateria) conquistaram um enorme e fiel número de seguidores em todo o mundo com a sua peculiar sonoridade Celtic Punk ou punk rock com raízes irlandesas.



A  consciência social e política que sempre impulsionou a música do Flogging Molly nunca foi tão proeminente para retratar o lançamento do novo álbum “Life is Good” (Vanguard Records). Esse é o trabalho mais forte o grupo até o momento, destacando a meticulosa maneira de contar histórias e com arranjos cada vez mais ferozes. “Life is Good” é o sucessor de “Speed  of  Darkness”, que atingiu a 9ª posição no Top 200 da Billboard.

Formado em 1997 pelo cantor irlandês Dave King, o Flogging Molly ficou famoso pelos intensos shows ao lotar casas da América do Norte, Europa e Ásia. A sonoridade é ainda influenciada por artistas como Stiff Little Fingers, The Pogues, The Clash, Swinging Utters, Cockney Rejects e Cock Sparrer.

Links relacionados:
https://www.facebook.com/floggingmolly
https://www.facebook.com/liberationmcofficial
https://www.facebook.com/UltimateMusicPR



Continue Lendo...