OPINIÃO APRESENTA 1KILO – MATINÊ


Atendendo a inúmeros pedidos que chegaram pelas redes sociais, o grupo de rap 1Kilo, considerado um dos maiores fenômenos do gênero na atualidade, irá fazer mais uma apresentação em Porto Alegre. O coletivo de hip hop, que já teve os seus vídeos assistidos mais de 600 milhões de vezes no Youtube, subirá ao palco do Opinião também no dia 9 de março, em um horário bem mais cedo do que o habitual, para que todos os seus fãs adolescentes possam assisti-lo ao vivo e cantar junto com a banda o seu repertório de sucessos. Formado nas quebradas cariocas por Pablo Martins, Grego REEO Mix, DoisP e Felipe RastaBeats, o grupo trará para cá boa parte do repertório que caiu no gosto do público de todo o país, como os hits  “Deixe-me Ir” “Dia de Caça” “Reza Sincera. Responsável pelo surgimento e pela consolidação de novos artistas do cenário underground, como Pelé MilFlows, Knust e Baviera, o1Kilo é uma das bandas mais prolíficas do rap brasileiro, com shows já realizados em todos os cantos do Brasil, e irá impressionar a plateia gaúcha também com as suas canções mais recentes, que tem como destaques as faixas acústicas “Tipo Agora” “Só por Hoje e a praticamente inédita “O que Tiver que Ser Vai Ser”.

O coletivo 1Kilo, criado no Rio de Janeiro em 2015, é um dos maiores fenômenos da Internet brasileira. Formado por Pablo Martins, Grego REEO Mix, DoisP e Felipe RastaBeats, o grupo possui duas mixtapes lançadas e canções avulsas que viraram hits gigantescos no Youtube. A acústica de “Deixe-me Ir”, com mais de 160 milhões de visualizações, e o videoclipe de “Dia de Caça” , com outros 37 milhões de acessos, comprovam a repercussão meteórica que a banda teve em tão pouco tempo. As duas faixas, que saíram no primeiro semestre do ano passado, atingiram as suas marcas expressivas em um tempo considerado recorde.

Também atuando como gravadora, o 1Kilo tem sido responsável pelo surgimento e pela consolidação de diversos nomes do cenário hip hop underground. A maioria das suas canções, disponíveis também em todos os serviços de streaming, contam com muitas participações especiais e dão visibilidade ao trabalho de uma porção de novos artistas, como Pelé MilFlows, Xamã, Knust, Baviera e Rafael Sadan, entre outros mais. Sem uma formação pré-estabelecida para as suas apresentações ao vivo, o grupo tem levado para os palcos de todo o Brasil um line-up variável, com um cast diferente de MC’s para cada uma das cidades.

A primeira mixtape do 1Kilo, chamada “Poucos Vão Entender”, saiu em dezembro de 2016 e foi um dos destaques da categoria hip hop do iTunes. Já o segundo trabalho de estúdio do grupo, chamado “Reza Sincera”, não demorou para sair e chegou às plataformas de streaming no final de março, com o videoclipe da sua faixa-título  atingindo rapidamente a marca de 40 milhões de acessos no Youtube. Na sequência, o coletivo iniciou um projeto acústico. Além da faixa “Deixe-me Ir”, os destaques dessa empreitada ficam por conta das canções “Só por Hoje”, com Lucas Lucco, e “Tipo Agora” , que contou com a colaboração de Pedro Qualy, do Haikaiss.

1KILO – ATINÊ

Onde:
Quando:
9 de março, sexta-feira, a partir das 18h
Abertura da casa:
16h30
Classificação:
12 anos

Ingressos:

Lote 1:
Promocional (valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível, disponível para qualquer pessoa): R$ 45
Estudantes e idosos (desconto de 50%): R$ 40
Inteira: R$ 80

Lote 2:
Promocional (valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível, disponível para qualquer pessoa): R$ 55
Estudantes e idosos (desconto de 50%): R$ 50
Inteira: R$ 100

Lote 3:
Promocional (valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível, disponível para qualquer pessoa): R$ 65
Estudantes e idosos (desconto de 50%): R$ 60
Inteira: R$ 120

Lote 4:
Promocional (valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível, disponível para qualquer pessoa): R$ 75
Estudantes e idosos (desconto de 50%): R$ 70
Inteira: R$ 140

* Os alimentos deverão ser entregues no Opinião, no momento da entrada ao evento.

** Para o benefício da meia-entrada (50% de desconto), é necessária a apresentação da carteira de estudante na entrada do espetáculo. Os documentos aceitos como válidos estão determinados no artigo 4º da Lei Estadual 14.612/14.

Pontos de venda:

Bilheteria oficial (sem taxa de conveniência – somente em dinheiro):
Youcom Bourbon Wallig

Demais pontos de venda (sujeito à cobrança de R$ 5 de taxa de conveniência – somente em dinheiro):
Youcom: Shopping Praia de Belas, Iguatemi, Bourbon Ipiranga, Barra Shopping Sul, Shopping Total, Bourbon São Leopoldo, Bourbon Novo Hamburgo, Park Shopping Canoas e Canoas Shopping
Multisom: Andradas 1001 (Centro de Porto Alegre)



Continue Lendo...

Mateus Solano e Miguel Thiré em "Selfie" em abril em POA

Crédito: Vitor Zorzal

“Selfie”, em inglês, é um neologismo com origem no termo “self-portrait,” que significa “autorretrato”, e dá nome às fotos clicadas por aparelho celular e compartilhadas na internet. Em 2013, o verbete “selfie” foi eleito a palavra do ano, segundo o blog da Oxford University Press, ligado à universidade inglesa de mesmo nome. Esta escolha foi motivada pela constatação de que este verbete cresceu 1.7000% em 2013, o que confirma o seu status de uma das palavras mais procuradas em um ano.

O fenômeno estimulou e inquietou o produtor Carlos Grun, que se uniu aos atores Mateus Solano e Miguel Thiré, parceiros artísticos de longa data (desde 2007, quando conceberam e atuaram na comédia Dois Pra Viagem), para refletir – e rir de tudo isso concebendo a criação teatral da comédia Selfie, que chega a Porto Alegre nos dias 7 e 8 de abril para apresentações no Teatro do Bourbon Country realizadas pela Opus Promoções e a Bem Legal Produções.
    
Para dar forma ao desejo do trio, o ator, autor e diretor Marcos Caruso foi convidado para dirigir a comédia, cujo texto foi criado por Daniela Ocampo (roteirista do programa Tá no Ar: a TV na TV, de Marcelo Adnet e Marcius Melhem, na TV Globo; e diretora de comédias de sucesso como Lente de Aumento, de Leandro Hassum, e Z.É – Zenas Improvisadas, de Fernando Caruso, Marcelo Adnet, Gregório Duvivier e Rafael Queiroga).

Reflexões e indagações acerca dos valores sociais e morais contidos nos meios de comunicação; as relações distorcidas entre pessoas e o que elas buscam com essas exposições; a interferência avassaladora da tecnologia na comunicação, num tempo em que mais se tecla do que se fala; pessoas fotografando continuamente a si mesmas, registrando o passo a passo de suas rotinas. Esta observação do comportamento contemporâneo foi o ponto de partida de Mateus Solano e Miguel Thiré para a criação de uma comédia ágil e dinâmica, em que os atores interpretam diversos personagens facilmente reconhecíveis por todos nós.

Marcos Caruso, que trabalha pela primeira vez com a dupla, se entusiasma pela discussão e pelo processo criativo propostos por Mateus e Miguel: “O que me move para aceitar um trabalho no teatro é a paixão por uma ideia.  Dirigir Selfie me proporciona discutir um tema extremamente contemporâneo.  Tenho absoluta certeza de que o excelente texto de Dani Ocampo, as deliciosas e impecáveis interpretações de Mateus Solano e Miguel Thiré, somados à qualidade da equipe que compõe este espetáculo,  levarão a plateia a momentos de muita diversão, emoção e reflexão sobre uma questão fundamental da sociedade atual.”

Desde que estreou, em outubro de 2014, a comédia já teve mais de 250 apresentações e  250 mil espectadores em três anos de sucesso no Brasil, Estados Unidos e Portugal

SINOPSE
A peça conta a história de Claudio, (Mateus Solano) um homem superconectado que armazena toda a sua vida em computadores, redes sociais e nuvens. Debruçado sobre um projeto de criar um sistema único para armazenamento de todos os dados de uma pessoa, vê seu sonho ir água abaixo quando deixa cair um café em seu equipamento, que sofre uma pane e apaga tudo. Ele então torna-se um homem sem passado, já que não se lembra de nada, pois toda sua memória era virtual. A partir daí, Claudio inicia uma saga em busca da memória perdida, recorrendo a vários personagens de sua vida (onze, ao todo, vividos por Miguel Thiré) para reconstituir sua história.

A MONTAGEM
A cena é limpa concentrada no trabalho dos atores. O revestimento do chão é preto, retangular e com as bordas arredondadas, remetendo ao formato de um tablet. Os figurinos também seguem a mesma linha, não se impondo à cena. Miguel Thiré se desdobra em onze personagens que interagem com Claudio, personagem de Mateus Solano, ao longo da ação.

MARCOS CARUSO - DIRETOR
Marcos Caruso atuou em 35 peças teatrais, entre elas o grande sucesso Intimidade Indecente (inicialmente ao lado de Irene Ravache, e depois com Vera Holtz). É autor de dez textos, entre eles o fenômeno Trair e Coçar é só Começar, há 29 anos em cartaz; e dirigiu as peças S.O.S. Brasil e Brasil S.A., ambas de autoria do empresário Antônio Ermírio de Moraes, falecido recentemente. Na TV, atuou em 15 novelas, entre elas Avenida Brasil, em 2012, que se tornou mania nacional e parou o país no dia da exibição do ultimo capítulo. Escreveu duas novelas, uma delas foi Ana Raio e Zé Trovão (a primeira e única novela itinerante da teledramaturgia brasileira, exibida na extinta TV Manchete) e vários seriados, e dirigiu Fala Dercy, programa com Dercy Gonçalves. No cinema, atuou em dez filmes, ent re eles Memórias Póstumas de Brás Cubas, de Andre Klotzel; Polaroides Urbanas, de Miguel Falabella; e Irma Vap – o retorno, de Carla Camurati. Escreveu quatro roteiros, entre eles O Casamento de Romeu e Julieta, dirigido por Bruno Barreto.


DANIELA OCAMPO - AUTORA
Daniela Ocampo é roteirista do programa Tá no Ar – a TV na TV, com Marcelo Adnet e Marcius Melhem, na TV Globo; e diretora de peças teatrais de comédia importantes como Lente de Aumento, de Leandro Hassum, e Z.É – Zenas Improvisadas, de Fernando Caruso, Marcelo Adnet, Gregório Duvivier e Rafael Queiroga.

FICHA TÉCNICA
Idealização: Carlos Grun, Mateus Solano e Miguel Thiré
Texto: Daniela Ocampo
Direção: Marcos Caruso
Elenco e personagens: Mateus Solano: Claudio e Miguel Thiré: Paulista, o amigo técnico / Solange, a mãe / Amanda, a namorada / Cabeça, o amigo maconheiro / o Empresário / Suzana Souza, a apresentadora de TV / o Barman / a Mulher do Bar /o Menino / Inocêncio, o velho (personagens por ordem de entrada em cena)
Figurinos: Sol Azulay
Desenho de Luz: Felipe Lourenço
Direção Musical e Trilha Sonora: Lincoln Vargas
Preparação Corporal: Arlindo Teixeira
Fotos: Sergio Baia e Vitor Zorzal
Design Gráfico: Bruno Dante
Produção: Carlos Grun - Bem Legal Produções
Assessoria de imprensa: João Pontes e Stella Stephany - JSPontes Comunicação

TRECHOS DE CRÍTICAS
“Os atores se complementam, como bufões da atualidade, e garantem a qualidade do espetáculo com suas inteligentes interpretações. (…) O diretor Marcos Caruso imprime dinâmica às cenas, capaz de manter o ritmo em velocidade de cruzeiro, a salvo de qualquer turbulência ou ameaça de queda nos dois atos.” (Macksen Luiz, crítico O Globo e jurado dos Prêmios Shell, APTR e Cesgranrio de Teatro)

“Com relação ao espetáculo, Marcos Caruso impõe à cena uma dinâmica cuja expressividade decorre não apenas de marcas criativas e imprevistas, mas também da maravilhosa performance dos dois intérpretes, tanto no que diz respeito à palavra articulada quanto ao universo gestual, aí incluindo-se as passagens (quase todas) em que os objetos são recriados através de esmerada mímica.” (Lionel Fischer, jurado dos Prêmios APTR e Cesgranrio de Teatro)

“Neste trabalho, especialmente, ambos estão exageradamente fantásticos (aqui, o exagero cabe e é bem-vindo), demonstrando um incrível trabalho de corpo (expressão facial e corporal) e de sonoplastia ao vivo, numa precisão merecedora de todos os créditos elogiosos.” (Gilberto Bartholo, jurado do Prêmio APTR de Teatro)


SERVIÇO
SELFIE, COM MATEUS SOLANO E MIGUEL THIRÉ
Dias 7 e 8 de abril
Sábado, às 21h
Domingo, às 20h

Classificação: 14 anos.
Duração: 70 min.

Realização: Opus Promoções e Bem Legal Produções

INGRESSOS:
SetorValor Meia-entrada
GaleriasR$ 60,00 R$ 30,00
MezaninoR$ 80,00 R$ 40,00
CamarotesR$ 100,00 R$ 50,00
Plateia AltaR$ 100,00 R$ 50,00 
Plateia BaixaR$ 120,00 R$ 60,00

- 50% de desconto para sócios do Clube do Assinante RBS – limitado a 100 ingressos;
- 50% de desconto para titulares e acompanhantes dos cartões Zaffari Card e Bourbon Card, adquiridos somente na bilheteria do Teatro do Bourbon Country – limitado a 100 ingressos;
- 10% de desconto para sócios do Clube do Assinante RBS nos demais ingressos.
* Crianças até 24 meses que fiquem sentadas no colo dos pais não pagam;
** Política de venda de ingressos com desconto: as compras poderão ser realizadas nos canais de vendas oficiais físicos, mediante apresentação de documentos que comprovem a condição de beneficiário. Nas compras realizadas pelo site e/ou call center, a comprovação deverá ser feita no ato da retirada do ingresso na bilheteria e no acesso à casa de espetáculo;
*** A lei da meia-entrada mudou: agora o benefício é destinado a 40% dos ingressos disponíveis para venda por apresentação. Veja abaixo quem têm direito a meia-entrada e os tipos de comprovações oficiais no Rio Grande do Sul:

- IDOSOS (com idade igual ou superior a 60 anos) mediante apresentação de documento de identidade oficial com foto.

-ESTUDANTES mediante apresentação da Carteira de Identificação Estudantil (CIE) nacionalmente padronizada, em modelo único, emitida pela ANPG, UNE, UBES, entidades estaduais e municipais, Diretórios Centrais dos Estudantes, Centros e Diretórios Acadêmicos. Mais informações: www.documentodoestudante.com.br  

- PE SSOAS COM DEFICIÊNCIA E ACOMPANHANTES mediante apresentação do cartão de Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social da Pessoa com Deficiência ou de documento emitido pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que ateste a aposentadoria de acordo com os critérios estabelecidos na Lei Complementar nº 142, de 8 de maio de 2013. No momento de apresentação, esses documentos deverão estar acompanhados de documento de identidade oficial com foto.

- JOVENS PERTENCENTES A FAMÍLIAS DE BAIXA RENDA (com idades entre 15 e 29 anos) mediante apresentação da Carteira de Identidade Jovem que será emitida pela Secretaria Nacional de Juventude a partir de 31 de março de 2016, acompanhada de documento de identidade oficial com foto.

- JOVENS COM ATÉ 15 ANOS mediante apresentação de documento de ident idade oficial com foto.

- APOSENTADOS E/OU PENSIONISTAS DO INSS (que recebem até três salários mínimos) mediante apresentação de documento fornecido pela Federação dos Aposentados e Pensionistas do RS ou outras Associações de Classe devidamente registradas ou filiadas. Válido somente para espetáculos no Teatro do Bourbon Country e Auditório Araújo Vianna.

- DOADORES REGULARES DE SANGUE mediante apresentação de documento oficial válido, expedido pelos hemocentros e bancos de sangue. São considerados doadores regulares a mulher que se submete à coleta pelo menos duas vezes ao ano, e o homem que se submete à coleta três vezes ao ano.

****Caso os documentos necessários não sejam apresentados ou não comprovem a condição do beneficiário no momento da compra e retirada dos ingressos ou acesso ao teatro, será exigido o pagamento do complemento do valor do ingresso.

*****Descontos não cumulativos a demais promoções e/ ou descontos.

CANAIS DE VENDAS OFICIAIS (sujeito à taxa de conveniência): 

Site: www.uhuu.com

CANAIS DE VENDAS OFICIAIS (sem taxa de conveniência): 

Bilheteria do Teatro do Bourbon Country:
Av. Túlio de Rose, nº 80 / 2º andar (de segunda a sábado, das 10h às 22h, e domingo e feriado, das 14h às 20h)

Continue Lendo...

"A História de Nós 2": espetáculo em POA nos primeiros dias de março


Crédito: Dalton Valerio

O espetáculo A História de Nós 2 é uma comédia romântica e foi um dos maiores sucessos da temporada teatral carioca dos últimos tempos. É estrelada pelos atores Alexandra Richter e Bruno Garcia e narra as aventuras e desencontros de um casal já separado, que revê a sua própria história na noite em que o marido vai buscar seus pertences no apartamento. O espetáculo chega a Porto Alegre nos dias 1 e 2 de março, para sessões no Teatro do Bourbon Country.

Os ingressos estão à venda. Confira o serviço completo abaixo.

Edu é um homem dividido entre o desejo de ascender profissionalmente, a vontade de manter um casamento e o sonho de se manter eternamente livre. Já Lena é uma mulher ‘partida’ entre carreira, maternidade e paixão. Dois personagens que, em cena, transformam-se literalmente em seis: Edu, Duca, Carlos Eduardo, Lena, Mammy e Maria Helena, dando corpo e voz às diferentes ‘facetas’ de um mesmo homem e uma mesma mulher.

A comédia que estreou em 2009, já foi vista por mais de 800 mil espectadores e eleita no mesmo ano pelo público, leitores do O Globo, como a melhor peça teatral. O espetáculo transcorre na noite em que Edu separado de Lena há algum tempo, vai buscar seus últimos pertences no apartamento. O derradeiro encontro do casal converte-se num ajuste de contas a um só tempo cômico e emocionante, em que tentam descobrir quem afinal causou a separação: a mulher, a mãe, a advogada bem-sucedida ou o marido, o adolescente eterno, o publicitário workaholic?

Por meio de humorados e reflexivos flashbacks, os seis personagens ocupam a cena, enquanto no palco é tecida essa História de nós 2. Conteúdo de imediata identificação do público e a forma como a história é abordada, pelo viés da comédia, são os principais fatores do sucesso da peça.

A ATRIZ
Alexandra Richter é atriz, produtora e esteve em cartaz por três anos com Divã. Atuou ainda na peça Salada (da qual é produtora), também sob a direção de Ernesto Piccolo. Destaque para suas participações nos espetáculos Uma Loira na LuaToalete e Esse Monte de Mulher Palhaça. No cinema, atuou em Divã, de José Alvarenga. Esteve no elenco Cheias de Charme. Integrou o elenco fixo do humorístico Zorra Total e de Os Caras de Pau; participou dos programas A DiaristaOs NormaisToma Lá Dá Cá e Carga Pesada; e também participou das novelas Laços de FamíliaCoração de Estudante PassioneA Regr a do Jogo e Rock Story. Todas da TV Globo.

O ATOR
Bruno Garcia é um dos mais prestigiados atores de sua geração, já protagonizou peças de teatro, filmes e novelas. Na TV, participou da minissérie Nada será como antes, da Rede Globo. Ao longo de sua carreira já estrelou mais de 15 novelas e seriados, dentre os quais se destacam: FelicidadeLuna CalienteOs MaiasO Quinto dos InfernosCoração de EstudanteKubanacanComeçar de Novo e BangBang. Fez ainda participações em: Os NormaisA Grande FamíliaA DiaristaCasos e Acasos. Aos 15 anos, iniciou sua carreira em teatro, fazendo o elefante na peça Hipopocaré. Em 1988, fez Hamlet; e ainda Superléo, o Menor. Em 89, fez Uma Noite de Cão. Em 95: A Ver Estrelas. Em 96: O Burguês Ridículo. Em 2000: Lisbe la e o Prisioneiro. Em 2002: Homem Objeto e DesejosBasófias e Quedas. Em 2004 e 2005: A Maldição do Vale Negro. Em 2007, ele atuou e dirigiu Apareceu a Margarida. Em 2009, fez A Comédia dos Erros. Em 2011, A Escola do Escândalo e em 2012, Michael e Eu.

O DIRETOR
Ernesto Piccolo é um dos nomes de maior destaque na atual cena carioca e com diversos prêmios na bagagem, o ator e diretor Ernesto Piccolo já foi indicado duas vezes ao Prêmio Shell – nas categorias melhor direção, por Divã, e Especial, pelo desenvolvimento do projeto Oficinas de Criação de Espetáculo, que ele coordena e dirige no Centro de Artes CalousteGulbenkian. Recebeu também o Prêmio Coca-Cola pela direção do musical infantil A Guerrinha de Tróia. Dirigiu grandes sucessos teatrais, como Doidas e Santas, que está comemorando 400 apresentações.

A AUTORA
Roteirista de cinema, teatro e TV, Lícia Manzo é redatora na TV Globo, onde escreveu para os humorísticos Retrato FaladoA Diarista e Sai de Baixo. Autora principal de novela com A Vida da Gente, apontada por unanimidade pela crítica como uma das melhores novelas das 18h nos últimos tempos. Foi roteirista final do seriado Tudo Novo de Novo, também da TV Globo, com direção de Denise Saraceni. No teatro, entre outros, escreveu textos para os espetáculos As Noites de Cabrita, com direção de Bibi Ferreira, e Salada, dirigido por Ernesto Piccolo. É mestra em Literatura Brasileira pela PUC/RJ e foi indicada ao Prêmio Jabuti pelo ensaio Era uma vez: eu – a não-ficção na obra de Clarice Lispector (2003/UFJF).

FICHA TÉCNICA
Autor: Licia Manzo
Diretor: Ernesto Piccolo
Elenco: Alexandra Richter e Bruno Garcia
Assistente de direção: Neuza Caribé
Cenógrafo: Clívia Cohen
Figurinista: Cao Albuquerque e Kiara Bianca
Direção de movimento: Marcia Rubin
Trilha sonora: Rodrigo Penna
Iluminador: Maneco Quinderé
Fotografia: Dalton Valério
Programador Visual: Zé Luiz Fonseca
Marketing: Mauricio Tavares
Designer: Julliana Della Costa
Produção Executiva: Glauce carvalho
Coordenação de Produção: Helber Santa Rita
Diretor de produção: Gustavo Nunes
Produção: Turbilhão de Idéias
Realização: Alexandra Richter e Gustavo Nunes

SERVIÇO
A HISTORIA DE NÓS 2

Classificação: Livre
Duração: 70min.

Realização: OPUS PROMOÇÕES E TURBILHÃO DE IDEIAS

PORTO ALEGRE (RS)Dias 1 e 2 de março
Quinta e sexta, às 21h
Teatro do Bourbon Country (
Av. Túlio de Rose, 80 / 2º andar – Shopping Bourbon Country)

INGRESSOS
SetorInteira Meia-Entrada
Galerias AltasR$ 60,00 R$ 30,00
Galeria MezaninoR$ 80,00 R$ 40,00
MezaninoR$ 100,00 R$ 50,00
CamarotesR$ 140,00 R$ 70,00
Plateia AltaR$ 140,00 R$ 70,00
Plateia BaixaR$ 160,00 R$ 80,00

- 50% de desconto para sócios do Clube do Assinante RBS adquiridos somente na bilheteria do Teatro do Bourbon Country – limitado a 100 ingressos (ingressos esgotados para a sessão do dia 2 de março, mas ainda há desconto para a sessão do dia 1;

- 50% de desconto para titulares dos cartões Zaffari Card e Bourbon Card e um acompanhante, adquiridos somente na bilheteria do Teatro do Bourbon Country – limitado a 100 ingressos;

- 10% de desconto para sócios do Clube do Assinante RBS nos demais ingressos.

* Crianças até 24 meses que fiquem sentadas no colo dos pais não pagam; 

** Política de venda de ingressos com desconto: as compras poderão ser realizadas nos canais de vendas oficiais físicos, mediante apresentação de documentos que comprovem a condição de beneficiário. Nas compras realizadas pelo site e/ou call center, a comprovação deverá ser feita no ato da retirada do ingresso na bilheteria e no acesso à casa de espetáculo;

*** A lei da meia-entrada mudou: agora o benefício é destinado a 40% dos ingressos disponíveis para venda por apresentação. Veja abaixo quem têm direito a meia-entrada e os tipos de comprovações oficiais no Rio Grande do Sul:

- IDOSOS (com idade igual ou superior a 60 anos) mediante apresentação de documento de identidade oficial com foto.

-ESTUDANTES mediante apresentação da Carteira de Identificação Estudantil (CIE) nacionalmente padronizada, em modelo único, emitida pela ANPG, UNE, UBES, entidades estaduais e municipais, Diretórios Centrais dos Estudantes, Centros e Diretórios Acadêmicos. Mais informações: www.documentodoestudante.com.br 

- PESSOAS COM DEFICIÊNCIA E ACOMPANH ANTES mediante apresentação do cartão de Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social da Pessoa com Deficiência ou de documento emitido pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que ateste a aposentadoria de acordo com os critérios estabelecidos na Lei Complementar nº 142, de 8 de maio de 2013. No momento de apresentação, esses documentos deverão estar acompanhados de documento de identidade oficial com foto.

- JOVENS PERTENCENTES A FAMÍLIAS DE BAIXA RENDA (com idades entre 15 e 29 anos) mediante apresentação da Carteira de Identidade Jovem que será emitida pela Secretaria Nacional de Juventude a partir de 31 de março de 2016, acompanhada de documento de identidade oficial com foto.

- JOVENS COM ATÉ 15 ANOS mediante apresentação de documento de identidade oficial com foto.
- APOSENTADOS E/OU PENSION ISTAS DO INSS (que recebem até três salários mínimos) mediante apresentação de documento fornecido pela Federação dos Aposentados e Pensionistas do RS ou outras Associações de Classe devidamente registradas ou filiadas. Válido somente para espetáculos no Teatro do Bourbon Country e Auditório Araújo Vianna.

- DOADORES REGULARES DE SANGUE mediante apresentação de documento oficial válido, expedido pelos hemocentros e bancos de sangue. São considerados doadores regulares a mulher que se submete à coleta pelo menos duas vezes ao ano, e o homem que se submete à coleta três vezes ao ano.

****Caso os documentos necessários não sejam apresentados ou não comprovem a condição do beneficiário no momento da compra e retirada dos ingressos ou acesso ao teatro, será exigido o pagamento do complemento do valor do ingresso.

*****Descontos não cumulativos a demais promoções e/ ou descontos.

CANAIS DE VENDAS OFICIAIS (sujeito à taxa de conveniência): 

Site: www.uhuu.com

Informações: falecom@uhuu.com

CANAIS DE VENDAS OFICIAIS (sem taxa de conveniência): 

Bilheteria do Teatro do Bourbon Country: Av. Túlio de Rose, nº 80 / 2º andar (de segunda a sábado, das 10h às 22h, e domingo e feriado, das 14h às 20h)

Formas de pagamento: Amex, Aura, Diners, dinheiro, Hipercard, Mastercard, Visa e Visa Electron

Continue Lendo...

Sons of Apollo: supergrupo desembarca em abril em POA

Crédito: Hristo Shindov

O supergrupo Sons of Apollo, uma das maiores novidades do rock pesado em 2017, irá realizar a sua primeira turnê pela América do Sul, ainda nesse primeiro semestre. A banda, liderada pelos ex-integrantes do Dream Theater Mike Portnoy e Derek Sherinian, ao lado do ex-Guns n’ Roses Ron “Bumblefoot” Thal, do baixista do Mr. Big Billy Sheehan e do vocalista Jeff Scott Soto, passará pelo Opinião, no dia 12 de abril, para apresentar o repertório do seu primeiro trabalho de estúdio, chamado “Psychotic Symphony”. O disco, que chegou às lojas do mundo inteiro e aos serviços de streaming em meio a expectativas, chamou a atenção do público e da crítica pelas suas canções potentes, com o genuíno espírito do rock’n’roll, e pelos elementos que variam entre o hard rock e o metal progressivo. Além dos singles “Sign of the Times” e ““Coming Home", que mostraram o Sons of Apollo para os fãs pela primeira vez e causaram um grande alvoroço na Internet, o grupo trará para Porto Alegre um pouco mais da sua elogiada obra de estreia, que está colecionando ótimos reviews no Brasil e no exterior, como “Lost in Oblivion”  e “Alive que acabou de ganhar um videoclipe sensacional. Como não poderia ser diferente, esse baita time também está preparando algumas surpresas, que poderão ir de versões de grandes ícones do gênero, como Van Halen e Queen, até clássicos do Dream Theater, por exemplo.


A gravadora Hellion Records lançou, em outubro do ano passado, o álbum de estreia do supergrupo Sons of Apollo no Brasil. A banda é formada pelo baterista Mike Portnoy e pelo tecladista Derek Sherinian, ambos ex-integrantes do Dream Theater, pelo guitarrista Ron “Bumblefoot” Thal (ex-Guns n’ Roses), pelo baixista Billy Sheehan (Mr. Big e The Winery Dogs) e pelo vocalista Jeff Scott Soto (ex-Journey e Yngwie Malmsteen’s Rising Force). “Psychotic Symphony”, com elementos de metal progressivo e hard rock, foi muito bem recebido pela crítica especializada em geral, conquistando boas avaliações aqui e também no exterior.

O trabalho de estreia do conjunto foi produzido por Portnoy e Sherinian, dupla carinhosamente conhecida como The Del Fuvio Brothers, apelido dado a eles há mais de 20 anos, durante os tempos de Dream Theater. “Mike e eu trabalhamos em um ritmo implacável no estúdio”, conta o tecladista. “A música do Sons of Apollo é bastante moderna, mas nós temos uma velha alma juvenil. O que é único sobre a banda é que nós temos a verdadeira magia do rock’n’roll com o virtuosismo, uma combinação letal”, finaliza Sherinian.

A banda Sons of Apollo se juntou de maneira muito orgânica, como explica Portnoy. “Derek e eu nos reunimos pouco depois de eu ter deixado o Dream Theater, em 2010, e formamos uma banda instrumental com Billy Sheehan e Tony MacAlpine. Foi a primeira vez que eu trabalhei com Derek, desde os anos 90, e foi ótimo estar ao lado dele novamente. Desde aquela turnê que fizemos, ele me cutucou para começarmos uma banda original e em tempo integral. Até esse momento não tivemos tempo para isso, pois eu tinha muitas outros projetos para finalizar, mas agora finalmente o Sons of Apollo nasceu e se concretizou”, explica o baterista.




São os próprios músicos que explicam a origem do nome Sons of Apollo. “Eu tenho uma lista de nomes diferentes de bandas guardada em meu celular, que sempre tenho que olhar cada vez que eu monto um novo projeto. Então, puxei essa lista e Apollo era uma das palavras que eu tinha anotado como ideia, que todos nós gostamos”, revela Portnoy. “Começamos a mexer com diferentes variações e uma das sugestões para batizar o grupo era Apollo Creed, o nome do personagem do filme ‘Rocky’, mas depois de muitas tentativas e aprimoramentos, Derek sugeriu Sons of Apollo. Apollo é o Deus da Música, então pareceu mesmo o nome mais apropriado para a banda”, finaliza o baterista.

SONS OF APOLLO




Onde:
Quando:
12 de abril, quinta-feira, a partir das 22h30
Abertura da casa:
21h
Classificação:
16 anos

Ingressos:

Lote 1:
Promocional (valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível, disponível para qualquer pessoa): R$ 90
Estudantes e idosos (desconto de 50%): R$ 85
Inteira: R$ 170

Lote 2:
Promocional (valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível, disponível para qualquer pessoa): R$ 100
Estudantes e idosos (desconto de 50%): R$ 95
Inteira: R$ 190

Lote 3:
Promocional (valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível, disponível para qualquer pessoa): R$ 110
Estudantes e idosos (desconto de 50%): R$ 105
Inteira: R$ 210

Lote 4:
Promocional (valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível, disponível para qualquer pessoa): R$ 120
Estudantes e idosos (desconto de 50%): R$ 115
Inteira: R$ 230

* Os alimentos deverão ser entregues no Opinião, no momento da entrada ao evento.

** Para o benefício da meia-entrada (50% de desconto), é necessária a apresentação da carteira de estudante na entrada do espetáculo. Os documentos aceitos como válidos estão determinados no artigo 4º da Lei Estadual 14.612/14.

Pontos de venda:

Bilheteria oficial (sem taxa de conveniência – somente em dinheiro):
Youcom Bourbon Wallig

Demais pontos de venda (sujeito à cobrança de R$ 5 de taxa de conveniência – somente em dinheiro):
Youcom: Shopping Praia de Belas, Iguatemi, Bourbon Ipiranga, Barra Shopping Sul, Shopping Total, Bourbon São Leopoldo, Bourbon Novo Hamburgo, Park Shopping Canoas e Canoas Shopping
Multisom: Andradas 1001 (Centro de Porto Alegre)


Realização: Top Link Music

Informações:


Continue Lendo...

Cruzas: banda argentina apresenta rockão com pitadas de blues em turnê pelo sul do Brasil


A banda argentina Cruzas faz sua primeira gira internacional, e o território escolhido para a feita é o Rio Grande do Sul. O quarteto hermano faz shows em Porto Alegre e região metropolitana durante os dias 7 e 18 de março (datas já confirmadas na sequência deste release). Além do peso no som — uma mistura cativante entre blues, rock clássico (na vibe mais setentista do estilo) e doom metal —, a banda desembarca por estes pagos carregada com exemplares em vinil de seu mais recente lançamento, o disco Volumen 5. Nomeada de “Guillotina Tour 2018”, a sequência de apresentações busca justamente divulgar o novo registro. E, para isso, a Cruzas cruza a fronteira cheia de disposição para cortar o tédio rotineiro com seu som afiado.



A saga por palcos da capital portenha e arredores continuou, com shows por La Plata e Rosário, entre outras cidades. Depois de cinco anos consecutivos tocando juntos, a Cruzas lançou o primeiro EP, chamado Viaje al Exilio, gravado em 2008 e apresentado em 2010 na sala de concertos e centro cultural Cultura del Sur, na cidade de Temperley. Simultâneamente, foi editado o segundo EP, En Búsqueda. Foi quando a banda começou a trabalhar com a Punkco Producciones. Dessa parceria, surgiu o terceiro álbum, De una Vida (2013). Após a apresentação desse registro e uma nova mudança de integrantes (Wilson entrou para o baixo), a Cruzas excursionou pela costa atlântica de seu país e editou mais um EP: El Zimple (2014).

Entre 2013 e 2015, dividiu a cena com artistas como Aire, Poseidotica, Persona e Tricomas, entre outros. Em 2015, foi a vez de tocar ao lado das internacionais Los Viejos (México) e Cardiel (Venezuela). Um ano depois, os argentinos se apresentaram ao lado dos gaúchos da El Negro no mítico pub Tío Bizarro, em Burzaco. Em março do mesmo ano tocaram pela primeira vez em Ciudad de Mercedes (província de Buenos Aires). Pouco depois, mais uma mudança: Mauh saiu da banda após 12 anos e deu lugar a Leo Schuster no kit percussivo.

Com 15 anos de estrada, a Cruzas foi convidada para participar do lendário festival B.A Rock, edição 2017. Em outro evento, tocaram com Rolando Castello Junior, baterista brasileiro da Aeroblus (banda formada também por Pappo e Alejandro Medina). Ainda no mesmo ano, gravaram ao vivo no Romaphonic Studios seu mais recente trabalho, Volumen 5. São nove temas produzidos pela própria banda, com um lírica potente e um som cru. O material foi masterizado em Nashville (Tennesse, U.S.A) por Steve Corrao. Além da disponível em formato digital, o álbum tem uma edição especial em vinil.



Entre os dias 7 e 18 de março, a Cruzas faz sua primeira turnê fora da nação em que foi criada. A “Guillotina Tour Brasil 2018” divulga o trampo mais recente. Durante os shows, a banda também 
deve executar uma versão para ‘Canção da Estrada’, dos amigos brasileiros da El Negro.

Datas confirmadas:
08/3 — Panama Estudio Pub: Cruzas + El Negro (show acustico)
09/3 — Art Tattoo Bar: Cruzas + El Negro (apresentação do disco)
11/3 — “Segundo Baita Troço”, no pub Batemacumba: Cruzas + El Negro + Bife Simples
14/3 — A confirmar
16/3 — A confirmar


Onde ouvir Volumen 5:

Redes sociais:
Instagram

Informações atualizadas podem ser encontradas na page da tour clicando neste link.

Enviado por Homero Pivotto Jr.
Continue Lendo...