OPUS PROMOÇÕES: Empresa fundada no Rio Grande do Sul comemora quatro décadas de atividades ininterruptas no Brasil

opus40

Por Celso Loureiro Chaves


Os números são surpreendentes. Em 40 anos de atividades, a história da Opus Promoções pode ser contada através de um portfolio de mais de 13 mil eventos. Ainda mais impressionante é a conversão desses eventos em espectadores – são, até agora, 20 milhões de espectadores. 20 milhões! É como se fossem várias cidades de bom tamanho dando-se as mãos para abraçar a cultura e a arte, aproveitando programações que nunca têm sido menos do que ótimas, cobrindo várias áreas da criatividade. Músicos, atores, bailarinos, artistas de circo. Em 40 anos de trajetória, é bem possível que, destes milhões de espectadores, muitos tenham começado a aproveitar os espetáculos oferecidos pela Opus Promoções ainda crianças. Hoje, já na idade adulta, certamente levam pela mão as crianças que crescerão na companhia de outros tantos bons espetáculos nos próximos 40 anos que ainda estão por vir.

A Opus Promoções iniciou com muita modéstia, experimentando as possibilidades de um mercado que – a bem da verdade – nem existia. No entanto, a Opus Promoções, por modestos que fossem seus inícios, nunca deixou de pensar grande. Portanto, se o mercado quase nem existia, era necessário – mais do que isso, era vital – que ele fosse criado. E assim foi, de espetáculo em espetáculo, de empreendimento em empreendimento, de ousadia em ousadia, com tentativas de muitos sucessos e pouquíssimos erros. Assim correu o tempo entre 1976 e a noite de hoje. Um tempo longo de duas gerações, mas que a memória logo transforma em tempo curtíssimo, tantas são as lembranças de coisas vistas, ouvidas e aplaudidas.

Na trajetória da Opus Promoções, uma inflexão importante foi a opção quase inevitável de, além de promover espetáculos, passar também a administrar o espaço que os abriga. Isso aconteceu já neste século. Os teatros administrados pela Opus Promoções estão espalhados pelo Brasil – das nossas vizinhanças do Parque Farroupilha em Porto Alegre, com aquela jóia que é o Auditório Araújo Vianna, até os dois teatros RioMar, o de Fortaleza e o de Recife, e além. O território que vai da região Sul, onde também aparecem o Bourbon Country e o Teatro Feevale, foi percorrido por vias de São Paulo e Rio de Janeiro (os dois teatros Bradesco). Assim se chega tão longe quanto o Teatro Riachuelo de Natal, unindo os Rio Grande – o do Norte e o do Sul – sob a mesma marca da qualidade e da diversidade.

Valeu a pena pensar grande! Hoje a Opus Promoções é marca nacional na qual os profissionais da cultura e da arte confiam sem restrições, e com a qual as plateias se identificam e sabem estar em boa companhia. Não se deve esperar mais de uma empresa que comemora 40 anos bem sucedidos de trajetória brasileira. A não ser que, sim, possamos esperar mais. Pois se os números de hoje são surpreendentes, se os espetáculos foram muitos e se o público conta-se aos milhões, é possível sonhar e imaginar o que vem por aí nos anos e nas décadas que haverão de passar a partir de hoje.

Com toda a certeza, não serão poucas as surpresas que a Opus Promoções oferecerá para quem estiver disposto a ver e ouvir nos próximos 40 anos. Basta acomodar-se numa poltrona confortável de plateia e esperar. Aliás, nem será necessário esperar muito. Sendo a Opus Promoções o que tem sido e o que é, as surpresas não tardarão a chegar, sob a forma de espetáculos que, cheios de magia, com certeza ficarão na memória. E que da memória nunca mais haverão de sair.



Continue Lendo...

Van Halen by Frank Solari: esse mês no Opinião em Poa



Capitaneado por um dos maiores nomes da música instrumental no Brasil, o espetáculo “Van Halen by Frank Solari”, que lotou o Opinião em 2014, vai voltar ao nosso palco, no próximo dia 21 de maio. O guitarrista e produtor gaúcho homenageará o Van Halen mais uma vez, uma de suas grandes influências, com o seu olhar atento e a sua personalidade marcante, numa apresentação que vai misturar clássicos absolutos e composições praticamente esquecidas do grupo norte-americano, que não costumam aparecer em suas apresentações ao vivo. 

No show, Frank Solari vai executar músicas como “Panama”, “Eruption”, “Mean Street”, “Hot for Teacher”, “Dreams” e “Why Can’t this Be Love”, entre outras mais, reproduzindo o som e a técnica do mestre Eddie Van Halen, em uma performance detalhada e precisa nos riffs e nos solos que influenciaram diversas gerações de guitarristas. Tocando também teclado, Solari terá ao seu lado a cantora Izmália Ibias, o baixista Fernando Petry e o baterista Claudio Calcanhotto.




Personalidade, verdade, autenticidade e classe são palavras frequentemente mencionadas sobre a música de Frank Solari que, além da carreira como instrumentista e compositor, escreve trilhas sonoras para a TV e o cinema. Frank gravou e produziu seus três discos – “Frank Solari”, “Um Círculo Mágico” e “Acqua” – com o irmão Roger Solari no baixo, Kiko Freitas na bateria e com as parcerias de Arthur Maia, Carlos Martau, Roberto Frejat, Ricardo Silveira, Pepeu Gomes, Torcuato Mariano e Marcos Suzano, entre outros.

Frank Solari tem também no currículo duas videoaulas nas quais demonstra técnicas aplicadas ao fraseado da guitarra. Ele gravou e participou em mais de trinta CDs, com destaque para a parceria com Eduardo Ardanuy e Sergio Buss no projeto batizado com o nome de Tritone. Solari foi ainda convidado em shows de Leo Gandelman, Barão Vermelho, Vitor Ramil, Fernando Noronha & Black Soul e de concertos com as orquestras da Unisinos e da Ulbra, no projeto Clássicos do Rock, e com a Banda Municipal de Porto Alegre.


Crédito Fotos: Marcelo Schmidt


VAN HALEN BY FRANK SOLARI

Onde:
Opinião (Rua José do Patrocínio, 834)
Quando:
21 de maio, sábado, às 20h
Abertura da casa:
18h30
Classificação:
14 anos

Ingressos:

Lote 1:
Promocional (valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível, disponível para qualquer pessoa): R$ 45
Estudantes e idosos (desconto de 50%): R$ 40
Inteira: R$ 80

Lote 2:
Promocional (valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível, disponível para qualquer pessoa): R$ 55
Estudantes e idosos (desconto de 50%): R$ 50
Inteira: R$ 100

Lote 3:
Promocional (valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível, disponível para qualquer pessoa): R$ 65
Estudantes e idosos (desconto de 50%): R$ 60
Inteira: R$ 120

* Os alimentos deverão ser entregues no Opinião, no momento de entrada ao evento.

** Para o benefício da meia-entrada (50% de desconto), é necessária a apresentação da carteira de estudante na entrada do espetáculo. Os documentos aceitos como válidos estão determinados no artigo 4º da Lei Estadual 14.612/14.

Pontos de venda:

Bilheteria oficial (sem taxa de conveniência):
Youcom Bourbon Wallig

Demais pontos de venda (sujeito à cobrança de R$ 5 de taxa de conveniência):
Youcom Shopping Praia de Belas, Bourbon Ipiranga, Barra Shopping Sul e Bourbon Novo Hamburgo
Multisom Andradas 1001, Canoas Shopping e Bourbon São Leopoldo


Informações:




Continue Lendo...

Clarice Falcão: dia 25 de junho no Opinião em Poa


Clarice Falcão, a cantora, atriz e roteirista que conquistou o Brasil inteiro participando da websérie Porta do Fundos, virá a Porto Alegre, no dia 25 de junho, para lançar o seu segundo trabalho de estúdio, chamado “Problema Meu”. A apresentação, que será realizada pela primeira vez no Opinião, vai misturar algumas de suas composições mais recentes, cheias de bom humor e com a aquela melancolia existencial, com os hits do seu primeiro disco, o elogiado “Monomania”, de 2013. O novo álbum da multi-artista, que tem o mesmo potencial do seu antecessor para se tornar um viral na web, chegou às lojas e aos serviços de streaming no começo do ano e já despontou algumas composições como preferidas do público, como são os casos de “Irônico” , cujo videoclipe atingiu a marca de quase um milhão de views no Youtube em apenas dois meses, “Vagabunda”, “Eu Sou Problema Meu” e a versão balada do hit electropop “I’ll Fly with You”, do DJ italiano Gigi d’Agostino. 

No palco, Clarice terá a direção de Marcus Preto, que já cuidou de shows de Gal Costa e de Tom Zé, o figurino assinado por Elisa Faulhalber e o cenário de elaborado pela designer Julia Liberati.

CLARICE FALCÃO (POR MARCUS PRETO)  


Crédito: Lucas Bori
        
Quando conversei com Clarice Falcão pela primeira vez, o assunto era “Monomania”, o álbum de estreia da cantora, compositora, escritora, atriz e roteirista pernambucana, lançado poucos meses antes. Aquele era um trabalho bem fora do padrão, pois tinha sido criado sob os olhos do público, na frente da câmera, com repertório já consagrado em uma série memorável de vídeos, hits absolutos na Internet. Quem comprou o CD físico na loja sabia muito bem o que estava levando pra casa e já adorava aquelas faixas, antes mesmo de passar pela fila do caixa.

Talvez por isso mesmo, minha curiosidade inicial pulava dez casinhas adiante e tentava investigar qual seria o próximo passo. Quem seria a Clarice do segundo álbum? Será que suas canções seguiriam como roteiros com começo, meio e fim, misturando crônica de costumes, cinema existencial, quadrinhos e sitcom, naquela mesma linguagem que se tornou uma assinatura tão intransferível? E a personagem que iluminava as canções antigas, será que continuaria tropeçando no amor, obcecada pelo amado, perdida entre o mundo real aquele que ela queria que fosse? Todas as respostas chegam agora, três anos depois, nas 14 faixas de “Problema Meu”.

Pra começar a conversa, é preciso contar que a personagem principal das canções inverteu o jogo a favor dela e já não sofre mais. Ao contrário, ri da cara daquele homem tolo que acreditou que o amor descompensado que ele recebia valia alguma coisa. E a ideia parece ser essa: olhar “Monomania” pelo espelho e ver a mesma história acontecer outra vez, mas do avesso, como um tipo de amor dando errado ao contrário, uma vingança a que todos temos direito. Se a menina de “Monomania” fingia não se lembrar mais do namorado que lhe deu um pé em “Eu Esqueci Você”, a de “Problema Meu” deixa claro, em “Eu Escolhi Você”, que só ficou com o rapaz porque não tinha outra opção, pelo menos “até um outro aparecer”.

Há recaídas, claro. Tirada do baú não gravado em “Monomania”, “Se Esse Bar” segue o espírito da menina de antes, com aquela voz de esperança que nunca morre pedindo ao garçom que não feche o bar, coitada. Outro exemplo é a metalinguística “Duet”, também antiga, do tempo em que Clarice Falcão compunha apenas em inglês. A voz tristonha conta que aquela música foi composta pra ser cantada em um dueto, mas como o rapaz foi embora, ela vai ter que dar conta de fazer as duas vozes com uma garganta só.

Nem tudo em “Problema Meu”, no entanto, foi construído com a intenção de desmentir passado. Algumas faixas foram escolhidas por razões estritamente estéticas, segundo afirma Kassin, produtor do álbum. Entre elas está “I’ll Fly with You”, pescada pela cantora entre os greatest hits de sua adolescência, principalmente pela beleza da melodia. A canção, lançada pelo DJ italiano Gigi d’Agostino em 2000, perde a batida electropop dançante da versão original pra se tornar uma balada melancólica. Outro caso assim é “Banho de Piscina”, que veio do baú do pai de Clarice, o diretor e roteirista João Falcão. Deliciosamente rancorosa, a música foi escrita por ele quando tinha a idade que a filha tem agora, talvez um pouco antes.

Escrevendo isso agora, eu me lembrei também da definição que Tom Zé sempre dá à própria produção. Por não ser um músico exuberante (ele gosta de fingir que não é), entende que seu melhor caminho é pegar o ouvinte pelo cognitivo, não pelo contemplativo... E, vamos confessar, todos nós já estivemos perto de situações como as que Clarice descreve em suas canções, mesmo que muitas vezes tenhamos arrumado um jeito de disfarçar esse ridículo até de nós mesmos.

CLARICE FALCÃO

Onde:
Opinião (Rua José do Patrocínio, 834 - Cidade Baixa - Porto Alegre)
Quando:
25 de junho (sábado) às 20h
Abertura da casa:
18h30
Classificação:
14 anos

Ingressos:

Lote 1 [ESGOTADO]:
Promocional (valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível, disponível para qualquer pessoa): R$ 35
Estudantes e idosos (desconto de 50%): R$ 30
Inteira: R$ 60

Lote 2:
Promocional (valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível, disponível para qualquer pessoa): R$ 45
Estudantes e idosos (desconto de 50%): R$ 40
Inteira: R$ 80

Lote 3:
Promocional (valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível, disponível para qualquer pessoa): R$ 55
Estudantes e idosos (desconto de 50%): R$ 50
Inteira: R$ 100

Lote 4:
Promocional (valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível, disponível para qualquer pessoa): R$ 65
Estudantes e idosos (desconto de 50%): R$ 60
Inteira: R$ 120

Lote 5:
Promocional (valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível, disponível para qualquer pessoa): R$ 75
Estudantes e idosos (desconto de 50%): R$ 70
Inteira: R$ 140

* Os alimentos deverão ser entregues no Opinião, no momento de entrada ao evento.

** Para o benefício da meia-entrada (50% de desconto), é necessária a apresentação da carteira de estudante na entrada do espetáculo. Os documentos aceitos como válidos estão determinados no artigo 4º da Lei Estadual 14.612/14.

Pontos de venda:

Bilheteria oficial (sem taxa de conveniência):
Youcom Bourbon Wallig

Demais pontos de venda (sujeito à cobrança de R$ 5 de taxa de conveniência):
Youcom Shopping Praia de Belas, Iguatemi, Bourbon Ipiranga, Barra Shopping Sul e Bourbon Novo Hamburgo
Multisom Andradas 1001, Canoas Shopping e Bourbon São Leopoldo


Informações:




Continue Lendo...

Fafá de Belém e Filha: no Concerto em Homenagem ao Dia das Mães em Poa

Fafá de Belém e Mariana Belém - Crédito: Manu Scarpa


O tradicional Concerto em Homenagem ao Dia das Mães, patrocinado anualmente pelo Grupo Zaffari e realizado pela Opus Promoções traz neste ano Fafá de Belém e sua filha Mariana para juntas interpretarem grandes sucessos que celebram a data ao lado da Orquestra Unisinos Anchieta

A apresentação com entrada franca está marcada para dia 8 de maio, às 18h, no Auditório Araújo Vianna e terá regência do maestro Evandro Matté.

Os músicos Luiz Antonio Karam e Luiza Haggsträm, estrela da última edição do programa The Voice Kids, também farão participações especiais no concerto que contemplará canções emocionantes com arranjos de Silvane Guerra e Alexandre Ostrovski Jr. No repertório estão confirmadas composições como Sob Medida, assinada por Chico Buarque; Nunca, de Lupicínio Rodrigues; Vento Negro, de José Fogaça; e uma comovente versão de Ave Maria.

Os vouchers para a apresentação já podem ser retirados gratuitamente na bilheteria do Teatro do Bourbon Country e nas unidades Zaffari selecionadas (confira o serviço completo abaixo). Na data da apresentação, as entradas serão disponibilizadas conforme a disponibilidade.


Orquestra Unisinos Anchieta

Fundada em 1996 pelo Maestro José Pedro Boéssio, a Orquestra Unisinos Anchieta realiza uma programação artística diversificada, atendendo a diferentes perfis de público, buscando a renovação de ideias, abordagens e leituras, além de promover associações inesperadas pela música de concerto, contemporânea e popular. A proposta, além da simples oferta de apresentação da orquestra, objetiva garantir o acesso não apenas à música de concerto, mas a outras linguagens vinculadas às raízes musicais brasileiras e ao repertório de importantes compositores populares. Vencedora do Prêmio Açorianos de Música em 2005, a orquestra entrega ao público o diferencial de espetáculos com inclusão de outras linguagens cênicas, tais como, teatro, dança e artes plásticas. Importantes concertistas e músicos de distintos estilos atuaram com a orquestra, entre eles Altamiro Carrilho, Emmanuele Baldini, Fred Mills, Kleiton & Kledir, Pierre Dutot, Renato Borghetti e Yang Liu. Nos últimos anos, a Orquestra Unisinos Anchieta tem apresentado diferentes séries de concerto, com destaque para as óperas Il Campanello di Notte e Rita (Donizetti) e Bastien Bastienne (Mozart). A direção artística e regência da orquestra estão sob a responsabilidade do maestro Evandro Matté.

Evandro Matté

Coordenador Cultural da Unisinos, Evandro Matté é maestro da Orquestra Unisinos Anchieta, diretor artístico da OSPA (Orquestra Sinfônica de Porto Alegre) e coordenador do serviço de convivência e fortalecimento de vínculos Vida com Arte, que atende 250 crianças e adolescentes da rede pública de ensino com o aprendizado de música e formação cidadã. O Vida com Arte foi vencedor do Top Cidadania 2013 na área social. Graduado em música pela UFRGS, possui especialização na University of Georgia (EUA) e no Conservatórie de Bordeux (FRA). Possui formação em gestão de projetos de Leis de Incentivo e especialização em gestão empresarial. É Diretor Artístico do Festival Internacional SESC de Música, evento realizado anualmente na cidade de Pelotas que reúne 350 músicos da América Latina, 50 professores de 12 países.

Fafá de Belém

Maria de Fátima Palha de Figueiredo sempre gostou de cantar. Dona de uma das mais expressivas vendagens de discos no mercado nacional, presença constante nas paradas de sucesso e à frente de atribulada agenda de shows, nos últimos anos Fafá de Belém conquistou duramente o posto de estrela da nossa canção popular. Das feiras de agropecuária no interior do país e shows em praça pública até temporadas no eixo Rio - São Paulo, incluindo o Cassino Estoril, em Portugal, ela é sempre vitoriosa. “Sempre transei minhas coisas, vivi minha vida, batalhei demais e dei muito murro em ponta de faca para chegar aonde estou. É o povo que ensina ao artista o que ele tem de cantar e não o artista que deve ensinar ao povo o que ele tem de ouvir” repete, com frequência, a artista popular que Fafá de Belém se tornou.

Mariana Belém

Filha e neta de grandes músicos e cantoras, Mariana Belém sempre foi rodeada por música. Mesmo vivendo nos bastidores, só teve mesmo vontade de ingressar na carreira de cantora aos 19 anos quando decidiu estudar canto lírico em Perugia, Itália. Um ano depois passou a estudar música em Seattle, EUA, onde ficou mais um ano na North Seattle Community College. A primeira vez que se apresentou profissionalmente foi ao lado de sua mãe, Fafá de Belém, nos concertos especiais dela em Portugal, que comemoravam 18 anos de carreira dela no país, no final de 2001, sendo um deles no Casino Estoril. Após participar do DVD do grupo Rastapé, participou também do primeiro DVD de sua mãe, no qual canta Maria Solidária, de Milton Nascimento e Fernando Brandt, e do DVD Marlene: A Rainha e as Artistas do Rádio em que faz dueto com sua avó Carminha Mascarenhas da música O Samba da Madrugada. Mariana já se apresentou em diversos programas da televisão brasileira, como Jô Soares, Som Brasil e Hebe. Além de cantora, também é editora do blog de maternidade Mamãe de Primeira Viagem, há 4 anos.

Luiza Haggstram

A menina Luiza Haggsträm de 11 anos começou com aulas de canto aos seis anos de idade. Aos 8 anos, ingressou no Show Musical do Colégio Anchieta, projeto que completa 50 anos de existência. Aos nove, foi convidada pelo Maestro Evandro Matté para fazer a primeira participação como solista no Concerto em Homenagem ao Dia das Mães com a Orquestra Unisinos Anchieta. Desde então, participou de dez concertos, dois deles ao lado de artistas consagrados como Maria Rita e Gilberto Gil, onde cantou como solista e atuou no palco, dançando. Fez de sete concertos com a Orquestra Sinfônica de Porto Alegre, também sob regência do maestro Evandro Matté e em janeiro de 2016 participou do primeiro reality infantil da rede globo, The Voice Kids Brasil, e ficou no time de Ivete Sangalo.

Luiz Antônio Karam

Luiz Antônio Karam nasceu em Rio do Sul (SC), no dia 1º de dezembro de 1952. Seu primeiro contato com a música foi aos 7 anos, quando começou a estudar acordeom numa escola de sua cidade natal. Aos 9 anos, começou a se dedicar também ao piano e com 17 anos mudou-se para Curitiba, onde frequentou a Escola de Música e a Escola de Belas Artes. Durante alguns anos, Luiz Karam tocou em conjuntos de baile, onde aperfeiçoou seu trabalho como arranjador. Nessa mesma época começou a trabalhar em estúdios de gravação, o que continua fazendo até hoje. Aos 27 anos foi convidado a participar da banda que acompanhava a cantora Fafá de Belém. Como arranjador e músico esteve envolvido em muitos projetos também com Moacir Franco, Pe. Reginaldo Manzotti, Pe. Zezinho, Joanna, Fernando e Sorocaba, Cristina Mel, Jeanne Mascarenhas, Cantores de Deus, Cid Moreira, Eduardo e Silvana, além de Luiz de Carvalho.

Orquestra Unisinos Anchieta

Violinos
Brigitta Calloni
Cristiano Pereira
Fabrício Basso
Gabriel da Silva Correa
Gean Potiguara Veiga
Geraldo Moori
Helena Nunes
Iris Andrade
Kauê Trojan dos Santos
Leonardo Bock
Rosane Benício
Silvane Guerra | Spalla
Silvio Sandro de Souza

Violas
André Meneghello
Gabriela Villanova
Maria Fernanda Canabarro
Naila Cristina D. da Silva
Tiago Neske

Violoncelos
Diego Schuck                         
Douglas Araujo
Philip Meyer
Romina Monsanto
                                                        
Contrabaixos                                                             
Fábio Alves
Luciano Dalmolin
Márcio Fisch

Flautas
Leonardo Winter
Fabiane Oliveira
                                                        
Clarinetes
Eliseu Rodrigues
Marcelo Piraino

Fagotes
Flávio Moraes
Siarhei Faminou

Trompas
Israel Oliveira
Nadabe Tomas

Oboés
Anelise Kindel
Paulo Calloni

Trombones
Carlos Mallmann
José Milton Vieira
Juliana Villalba

Trompetes
Elieser Ribeiro
Jaime Fraiberger

Percussão
Guenther Andreas Leyen
Jorge Matte

Produção: Cinara Beineke, David Castro, Fábio Kremer e Katielle Hendler
Secretaria executiva: Ana Cristina Froner


SERVIÇO
CONCERTO EM HOMENAGEM AO DIA DAS MÃES
Dia 8 de maio
Domingo, às 18h
Auditório Araújo Vianna (Av. Osvaldo Aranha, 685 – Porto Alegre)

ENTRADA FRANCA MEDIANTE APRESENTACÃO DE VOUCHER

Pontos de retirada dos vouchers:
Bilheteria do Teatro do Bourbon Country (de segunda a sábado, das 14h às 22h e domingos e feriados, das 14h às 20h) – Rua Túlio de Rose, 80
Zaffari da Fernandes Vieira (de segunda a sábado, das 8h às 22) – Rua Fernandes Vieira, 401
Zaffari da Marechal Floriano (de segunda a sábado, das 8h às 22) – Rua Marechal Floriano Peixoto, 333
Zaffari da Fernando Machado (de segunda a sábado, das 8h às 22h) – Rua Coronel Fernando Machado, 860
Zaffari Higienópolis (de segunda a sábado, das 7h30 às 24h) – Av. Plínio Brasil Milano, 1000
Zaffari Lima e Silva (de segunda a sábado, das 8h às 23h) – Rua General Lima e Silva, 606

*Máximo de dois vouchers por pessoa.
**Vouchers limitados conforme a lotação da casa.

MINISTÉRIO DA CULTURA e GRUPO ZAFFARI apresentam
Lei Federal de Incentivo à Cultura
Apoio: Clube do Assinante Zero Hora
Patrocínio: Zaffari, Tramontina, Bourbon Shopping e CIELO
Realização: Opus, Ministério da Cultura e Governo Federal – Brasil, Pátria Educadora




Continue Lendo...

Estúdio Geraldo Flach em Poa: recebe inscrições para o segundo semestre de 2016



Começou hoje,  segunda-feira (2 de maio), o período de inscrições para uso do Estúdio Geraldo Flach no segundo semestre de 2016. Serão oferecidas quatro temporadas de gravação, nos meses de agosto, setembro, outubro e novembro. As inscrições poderão ser feitas gratuitamente até 15 de junho, pessoalmente, na Coordenação de Música da Secretaria da Cultura de Porto Alegre (Sala 606 da Usina do Gasômetro - Avenida Presidente João Goulart, 551).

Instalado junto ao Teatro de Câmara Túlio Piva (Rua da República, 575), o Estúdio Geraldo Flach oferece a músicos e artistas da cidade a oportunidade de gravar seus trabalhos, a uma taxa simbólica de R$ 110 por temporada. Cada temporada corresponde a um mês de uso do estúdio - de segunda a sexta-feira das 8h30 às 12h e das 13h30 às 18h.

É o terceiro ano de funcionamento do estúdio, cujo nome homenageia o pianista, compositor e arranjador Geraldo Flach (1945-2011). Na seleção para o primeiro semestre de 2016 (temporadas de abril, maio, junho e julho), foram selecionados artistas de diferentes estilos: os cantores e compositores Romes Pinheiro e Daniel Debiagi, a banda Cartel da Cevada (todos com trabalhos autorais) e a dupla formada pela cantora Marina Falcão e pelo violonista Derly Oviedo (com um álbum de tributo a Zé Caradípia).

Para mais informações sobre a seleção, acesse o site da Secretaria da Cultura de Porto Alegre, seção Editais: http://www2.portoalegre.rs.gov.br/smc/default.php?p_secao=184


Enviado por Luís Bissigo - Jornalista
Coordenação de Música
Secretaria da Cultura de Porto Alegre

Continue Lendo...

CPM 22, Gloria e Dance of Days: anunciam novo show em São Paulo

Shows fazem parte da primeira edição do Tropical Rock Fest – fotos: divulgação

Após bem-sucedida turnê acústica, que percorreu mais de 100 cidades brasileiras e os principais festivais do país, o CPM 22 (foto) retoma ao formato elétrico para comemorar 20 brilhantes e respeitados anos de carreira.

Totalmente entrosados e protagonizando emocionantes performances, Fernando Badaui (vocal), Luciano Garcia (guitarra), Ricardo Japinha (bateria), Heitor Gomes (baixo) e Phil Fargnoli (guitarra) seguem na estrada atraindo uma legião de fãs por onde passam.

E para celebrar estas duas décadas em grande estilo, o CPM 22 volta a reencontrar os fãs paulistas, no próximo dia 10 de junho, na Tropical Butantã, em São Paulo, como atração principal da primeira edição do Tropical Rock Fest. 

O evento também contará com a eletrizante exibição das bandas Gloria e Dance of Days, outros dois grandes representantes do rock nacional.

No repertório, o CPM 22 deve executar clássicos que embalaram gerações como "Um Minuto Para O Fim Do Mundo", "Não sei viver sem ter você", “O Mundo dá Voltas”, “Regina Let's Go”, “Desconfio”, “Dias atrás”, “Irreversível”, “Tarde de Outubro”, “Pra Sempre”, “Perdas”, entro outras.

Os ingressos estarão à venda, a partir desta sexta-feira (02/05), por meio do site da Ticket Brasil e pontos autorizados pela empresa em São Paulo, Santo André, São Bernardo, São Caetano, São Mateus, São Bernardo do Campo, Osasco, Guarulhos e Santos. Os bilhetes custam R$ 40,00 (pista meia/estudante/promocional – 1° lote) e R$ 50,00 (camarote meia/estudante/promocional – 1° lote). Mais informações no serviço abaixo.

Com espaço de 1000 m², a Tropical Butantã está comodamente localizada à 200m da estação Butantã do Metrô, possuí capacidade confortável para 2.500 pessoas, ar-condicionado, camarotes extremamente bem distribuídos, com vista privilegiada do palco, espaço ao ar livre para fumantes. Todo o sistema de som e luz foi alterado, e a infraestrutura agora conta com equipamentos de última geração. A acústica e o teto tiveram tratamento especial justamente para satisfazer os ouvidos mais exigentes. Houve mudança significativa também no tamanho do palco, que agora está mais do que preparado para receber grandes artistas nacionais e internacionais. A Tropical Butantã já tem diversas atrações nacionais e internacionais confirmadas por lá como Marcelo D2, The Winery Dogs, Jeff Scott Sotto, Primal Fear, Paul Di'Anno, Blaze Bailey, entre outros. E ainda serão anunciados vários outros importantes shows em breve.

Links relacionados:
https://www.facebook.com/cpm22official
https://www.facebook.com/GloriaRock
https://www.facebook.com/bandadanceofdays
https://www.facebook.com/tropicalbutanta
https://www.facebook.com/UltimateMusicPR

Serviço Tropical Rock Fest
Tropical Butantã apresenta Tropical Rock Fest com CPM22, Glória e Dance of Days

Data: 10 de Junho de 2016
Local: Tropical Butantã – www.tropicalbutanta.com.br
End: Av. Valdemar Ferreira, 93 – ao lado do Metrô e Terminal Butantã
Horário: 22h (open doors)
Imprensa: press@theultimatemusic.com | 11 964.197.206
Capacidade: 2.500 lugares
Chapelaria : R$ 10,00
E-mail: contato@tropicalbutanta.com.br
Telefone: (11) 3031.0393
Censura: 18 anos
Estacionamento: nas imediações da Tropical Butantã (sem convênio)
Estrutura: ar-condicionado, acesso para deficientes somente na pista, área para fumantes e enfermaria
 
Informações e compra de ingressos:
# BILHETERIAS TROPICAL BUTANTÃ (Posto de venda sem taxa de conveniência)
Horário: Segunda à sábado das 11h às 18h | Formas de pagamento: apenas dinheiro
 
COMPRA PELA INTERNET – https://ticketbrasil.com.br/festival/4103-tropicalrockfest-saopaulo-sp


*Pontos de venda autorizados em São Paulo, Santo André, São Bernardo, São Caetano, São Mateus, São Bernardo do Campo, Osasco, Guarulhos e Santos. Mais informações emhttps://ticketbrasil.com.br
(Formas de Pagamento: dinheiro, cartões de crédito Visa, MasterCard, American Express e Dinners Club)
 
Para a compra de ingressos para estudantes, aposentados e professores estaduais, os mesmos devem comparecer pessoalmente portando documento na bilheteria respectiva ao show ou nos pontos de venda. Esclarecemos que a venda de meia-entrada é direta, pessoal e intransferível e está condicionada ao comparecimento do titular da carteira estudantil no ato da compra e no dia do espetáculo, munido de documento que comprove condição prevista em lei.
 
BILHETERIA - 1° LOTE
PISTA MEIA ENTRADA/ESTUDANTE: R$ 40,00
PISTA PROMOCIONAL: R$ 40,00
PISTA INTEIRA: R$ 80,00
CAMAROTE MEIA ENTRADA/ESTUDANTE: R$ 50,00
CAMAROTE PROMOCIONAL: R$ 50,00
CAMAROTE INTEIRA: R$ 100,00



Próximas divulgações THE ULTIMATE MUSIC – PR:
16/05 – Brujeria – Clash Club – SP/SP
26/05 – Yngwie Malmsteen – Carioca Club – SP/SP
27/05 – Amorphis – Hangar 110 – SP/SP
28/05 – Children of Bodom – Carioca Club – SP/SP
10/06 – CPM 22 + Gloria + Dance of Days – Tropical Butantã – SP/SP
11/06 – Booze & Glory – Clash Club – SP/SP
12/06 – Paul Di Anno + Blaze Bayley – Tropical Butantã – SP/SP
26/06 – Napalm Death – Clash Club – SP/SP
02/07 – Kamelot – Carioca Club – SP/SP
20/07 - 15/08 – Strange Days | A Tribute to The Doors (South American tour)
07/08 – Megadeth – Espaço das Américas – SP/SP
16/08 - 28/08 – Richie Ramone (South American tour)
03/09 – Primal Fear + Luca Turilli's Rhapsody – Tropical Butantã – SP/SP
04/09 – Overload Music Fest – Carioca Club – SP/SP
10/09 – Soilwork – Clash Club – SP/SP
20/09 - 25/09 – Jiro Okabe (Brazilian tour)
15/10 – Epic Metal Fest Brasil – Audio Club – SP/SP
06/12 - 18/12 – Ramonos  (Brazilian tour)
22/11 - 18/12 – Suicidal Angels (South American tour)
 
Além dos shows, a The Ultimate Music – PR orgulhosamente assessora as bandas Krisiun, About2Crash, KroW, Confronto, Claustrofobia, Paura, Lacerated and Carbonized, Muqueta na Oreia e Hugin Munin. Para mais informações, acesse http://theultimatemusic.com.


Enviado por The Ultimate Music Press
Continue Lendo...

Kiss: show histórico tem exibição simultânea em 30 salas de cinema do Brasil

Os fãs brasileiros do Kiss poderão assistir a sequência de shows históricos do Kiss Rocks Vegas de uma maneira especial: na telona do cinema. O evento terá exibição única e simultânea e acontecerá no próximo dia 25 de maio para diversos países do mundo. A transmissão para os cinemas do Brasil é mais um projeto de conteúdo especial da Cinelive.



No Brasil, mais de 30 salas de cinema exibem o show da turnê de nove apresentações do "Kiss Rocks Vegas", realizado em Las Vegas, nos Estados Unidos.

Adquira agora o seu ingresso: http://bit.ly/263MyNA



Fonte: Cinelive

Leia matéria no Whiplash.Net
Continue Lendo...