Exposição [entre] CORPOS: abre nesta quarta-feira no Teatro Feevale

Publicado em: segunda-feira, 21 de março de 2016
Obra grafia_líquida (2015) – fotografia impressa em tecido
 Crédito: Lu Trevisan


O corpo é a linha mestra da nova exposição do Espaço Cultural Feevale, localizado no quarto andar do Teatro Feevale, em Novo Hamburgo. Na mostra [entre] CORPOS, que abre nesta quarta-feira, dia 23 de março, às 19h30, 17 artistas abordam o corpo de forma que cada visitante seja afetado de maneiras diferentes pelas obras expostas. O grande diferencial da exposição é pensar o corpo entre possibilidades de vir a ser superfícies, suportes, retratos, anatomias, movimentos, composições têxteis, composições minerais, performances, representações, fluxos, pensamentos, objetos ou linhas (de fuga); ou seja, é uma mostra completa em se tratando de suportes de arte. A exposição fica em cartaz até o dia 18 de maio. A visitação é gratuita. Confira o serviço completo abaixo.

SOBRE OS ARTISTAS

Alexandra Kloeckner Eckert Nunes (Porto Alegre/RS): artista visual e pesquisadora. Licenciada em Educação Artística, bacharel em Cerâmica e mestre em Poéticas Visuais pela UFRGS. Doutoranda em Processos e Manifestações Culturais pela Universidade Feevale, realiza exposições individuais e coletivas em diversos países desde 1992. Suas pesquisas desenvolvem-se nos campos da gravura, cerâmica, livro de artista, instalação e ações colaborativas em arte. É docente na Graduação e pós-graduação em Artes Visuais e Design Gráfico da Universidade Feevale.

Anderson Luiz de Souza (Maringá/PR): professor de Desenho nos cursos de Artes Visuais, Moda, Design Gráfico e Design de Interiores da Universidade Feevale. Bacharel em Moda pelo Centro Universitário Cesumar (Unicesumar – Maringá/PR), especialista em Arte Contemporânea e Ensino da Arte pela Universidade Luterana do Brasil (ULBRA) e mestre em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). É, também, coordenador do Espaço Cultural Feevale.

Andrew Nunes Tassinari (Camaquã/RS): performer, artista visual e, atualmente, bailarino titular da Companhia Municipal de Dança de Porto Alegre.

Carla Barth (Porto Alegre/RS): formada em Comunicação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Estudou desenho e escultura no Atelier Livre (RS), além de cursos livres de arte contemporânea com Guilherme Dable, Maria Helena Bernardes, Ana Flávia Baldisserotto, Charles Watson e Jaílton Moreira. Realizou exposições individuais em Porto Alegre e São Paulo.

Cristian Poletti Mossi (Campinas do Sul/RS): professor adjunto do departamento de Ensino e Currículo da Faculdade de Educação da UFRGS. Artista visual e pesquisador que passeia pelas filosofias da diferença como mote teórico, tendo interesse especial pelas relações entre criação e docência. Doutor em Educação pela UFSM, na linha de Pesquisa Educação e Artes. Desenha quando pode, porque gosta e não porque precisa. Membro pesquisador do Grupo de Estudos e Pesquisas em Arte, Educação e Cultura (GEPAEC) e do Grupo de Estudo e Pesquisa em Arte e Docência Arteversa.

Diane Sbardelotto (Tapejara/RS): artista visual, trabalha com temáticas do corpo e roupa, em diferentes linguagens. Atua em ensino de Arte, mediação e pesquisas na área de Educação. Desenvolve figurinos e cenários para espetáculos de teatro. Bacharel em Artes Visuais (Unochapecó), licenciada em Licenciatura em Artes Visuais (UFRGS) e mestranda em Educação (UFRGS). Realizou a exposição individual Em estado de desenho, na Galeria do coletivo NACASA, em Florianópolis/SC.

Ernesto Frederico Scheffel (Campo Bom/RS, 1927 – falecimento - Porto Alegre/RS, 2015): pintor brasileiro, descendente de imigrantes alemães, oriundos de Berghausen, na Vestfália. Em 1941, iniciou os estudos na Escola Técnica de Parobé, como aluno interno e bolsista, e no Instituto de Belas Artes, em Porto Alegre, tendo sido aluno de João Fahrion. Conquistou várias premiações, como a Medalha de Ouro no II Salão Militar de Artes Plásticas, em 1948. Recebeu bolsa de Estudos para o Rio de Janeiro, onde permaneceu por seis meses como assistente do pintor Oswaldo Teixeira, então diretor do Museu Nacional de Belas Artes. De 1951 a 1958, Scheffel recebeu as Grandes Medalhas de Bronze, de Prata e o Prêmio de Viagem ao Estrangeiro pelo Salão Nacional de Belas Artes. Viveu na Itália em 1959, onde estudou na Academia de Belas Artes de Florença, com Antonio Berti e Vermehren, que o supervisionou em trabalhos de restauração de pinturas valiosas, de autores como Rafael, Tiziano e Tintoretto. Regressou ao Brasil na década de 70. Em 1978 foi fundada a pinacoteca da Fundação Ernesto Frederico Scheffel, que conta com mais de 385 obras de sua autoria. Faleceu em 2015, em Porto Alegre, vítima de câncer.

Lízzie Sabino Favaro (São Paulo/SP): bacharel em Moda pela Universidade Feevale e artista visual.

Luísa Beatriz Trevisan Teixeira (Porto Alegre/RS): desenvolve pesquisas com fotografia como mestranda do Programa de Pós-graduação em Ciências do Movimento Humano da UFRGS; é pesquisadora dos Estudos do Corpo (UFRGS); possui capítulos de livros publicados, nas temáticas: Performance, Artes, Educação, Corpo e Fotografia. Autora do livro de séries fotográficas Transgressões e traduções para um livro corpo. Coordena o projeto Devir, que tem realizado experimentações cênicas e visuais, com trabalhos na Usina do Gasômetro e na Casa de Cultura Mario Quintana.

Mariana Riera (Porto Alegre/RS): bacharel em Artes Visuais pela UFRGS, cursa licenciatura, também em Artes Visuais, pela mesma Instituição. Participou das exposições De 100 a 1.000 e Anatomias distintas, ambas na Galeria TATO, em São Paulo (SP).

Myra Adam de Oliveira (Porto Alegre/RS): mestre em Poéticas Visuais pela UFRGS e bacharel em Artes Plásticas pela mesma Instituição, com ênfase em Fotografia. Atua profissionalmente como fotógrafa e como professora na UCS junto ao Departamento de Comunicação, na Universidade Feevale junto ao curso de Fotografia e na UFRGS junto ao Núcleo de Fotografia. Dedica-se à pesquisa em Fotografia, Artes e Cinema.

Paola Zordan (Porto Alegre/RS): bacharel em Desenho, licenciada em Educação Artística, mestre e doutora em Educação pela UFRGS. Professora do Departamento de Artes Visuais da UFRGS, na mesma Instituição é professora do Programa de Pós-graduação em Educação, na linha de pesquisa Filosofias da Diferença, desenvolvendo pesquisas sobre temas que envolvem poéticas no âmbito educativo, historiografia da arte e esquizoanálise. Trabalha com performances, escultura social e micropolíticas. Como articuladora do Movimento Apaixonando pela Liberação de Humores Artísticos (M.A.L.H.A.), cria intervenções em espaços públicos e institucionais. Realizou a exposição individual Cemitério, na Galeria João Fahrion do Museu de Artes do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre.

Patrick Rigon (Cachoeira do Sul/RS): graduado em Design Visual pela UFRGS e formado em Design Gráfico e Virtual no Instituto Politécnico de Turim (Polito), na Itália. Sua formação plástica passou pela Academia Albertina de Belas Artes (Turim), mas também por vários cursos teóricos e práticos, nos quais buscou aperfeiçoamento como artista visual.

Rafael Muniz (Porto Alegre/RS): desenhista, ilustrador e diagramador, é estudante de Artes Visuais – Bacharelado pela UFRGS e membro da Associação Gaúcha de Pinturas Artísticas (Agapa). Já participou das exposições 331 Pintura e Desenho (Instituto Estadual de Artes Visuais - IEAVI - 2015) e Desejos desenhos, no Instituto de Artes da UFRGS (2015) e no Centro Municipal de Cultura Lupicinio Rodrigues (2014).

Tânia Oliveira (Esteio/RS): graduada em Artes Visuais pela Universidade Feevale, participou de diversos cursos e atividades como: Arte Renascentista na Itália com Juliana Rodrigues (Milão, Veneza, Florença e Roma); Atelier Livre da Prefeitura de Porto Alegre, com orientação de Dayse Viola; Atelier Mirela Luz do Amarante, no Rio de Janeiro; e Pintura com Paulo Lacerda, em Porto Alegre.

Wagner Ferraz (São Sebastião do Caí/RS): mestre em Educação pela UFRGS. Pós-graduado em Educação Especial pela Universidade do Vale do Sinos (Unisinos) e em Gestão Cultural pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). Graduado em Dança pela ULBRA. Professor do curso de Graduação Tecnológica em Dança da Universidade de Caxias do Sul (UCS) e do curso de pós-graduação em Coordenação Pedagógica da UFRGS. Atuou como Coordenador do Dança do Estado do RS do Instituto Estadual de Artes Cências (Ieacen) na Secretaria de Estado da Cultura RS (Sedac).

Zenilda Cardozo (Tupanciretã/RS): vive em Porto Alegre desde 2000. Doutora em Educação em Ciências pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), possui mestrado pela mesma Instituição. Graduada em Biologia pela Universidade de Cruz Alta e  em Desenho e Plástica pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Trabalha na intersecção entre o campo das artes e o das ciências, destacando a problematização dos discursos sobre o corpo na contemporaneidade.

Serviço:
Exposição [entre] CORPOS
Local: Espaço Cultural Feevale – Teatro Feevale, 4º andar (ERS-239, 2755, Novo Hamburgo)
Abertura e conversa com os artistas: 23 de março, quarta-feira, às 19h30
Período: 24 de março a 18 de maio
Horários: de segunda a sexta-feira, das 14h às 18h. Agendamentos podem ser feitos pelo telefone (51) 3586-8800, ramal 9235 ou pelo email espacocultural@feevale.br
Visitação: gratuita
Artistas: Alexandra Eckert, Anderson Luiz de Souza, Andrew Tassinari, Carla Barth, Cristian Mossi, Diane Sbardelotto, Ernesto Frederico Scheffel, Lízzie Favaro, Lu Trevisan, Mariana Riera, Myra Gonçalves, Paola Zordan, Patrick Rigon, Rafael Muniz, Tânia Oliveira, Wagner Ferraz e Zenilda Cardozo.
Curadoria da mostra: Anderson Luiz de Souza
Coordenação do Espaço Cultural Feevale: Anderson Luiz de Souza e Laura Ribero Rued


0 comentários:

Postar um comentário