Frejat "Voz e Violão" estreia em POA

Publicado em: segunda-feira, 12 de junho de 2017
No dia 11 de junho, véspera do Dia dos Namorados, Frejat apresentou seu novo show em Porto Alegre para uma plateia que lotava o Teatro do Bourbon Country.


O músico que há mais três décadas fundou o Barão Vermelho junto com Cazuza e amigos, deixou de lado a guitarra elétrica e a banda que há muito tempo o acompanha, e apresentou para os gaúchos "Frejat Voz e Violão", um show pra lá de intimista, totalmente diferente de tudo que já havia apresentado.

E o resultado foi arrebatador. Durante a performance, que durou mais de 1h30 minutos, o músico apresentou sucessos de sua carreira solo, dos seus três albúns solo, hits da sua antiga banda e também mostrou músicas de artistas que ele sempre gostou de ouvir, e sempre quis cantar.  Algumas dessas músicas  nunca haviam sido apresentadas ao vivo. Raridades para o deleite do público presente.

Público formado por fãs de todas as faixas etárias; não se podia esperar nada diferente diante esse camaleão da música que transita, como poucos, com total maestria entre o pop, rock e MPB.

Veja o setlist a seguir.


Frejat interagiu muito com o público, fazendo breves comentários antes de cada música apresentada, e, contando algumas histórias dos palcos e bastidores.

Houveram vários momentos emocionantes nesse show pra lá de especial.  Como por exemplo, quando o músico interpretou a primeira música que compôs com Cazuza, "Nós" ou quando o músico carioca falou sobre a lenda errônea que fala que artistas no fim de sua carreira estão em decadência, algo do tipo,  e canta a magnífica "Carpinteiro do Universo" e etc.

Também teve vários momentos em que o músico fez o público rir muito. Contando da filha menor de idade que queria cantar com o pai no palco, uma música, digamos, não apropriada, entre aspas, à sua idade;  quando falou que seria abusado ao tentar interpretar uma música eternizada por Maria Bethânia, e arrebatou a todos com a sua releitura desse clássico da MPB,  ou quando se antecipou, "quebrou a corrente", nas suas próprias palavra, e disse que ia tocar um Raul Seixas antes que alguém gritasse o bordão (Toca Raullllll!) tão comum em shows.


Desnecessário falar que o músico, que agrega as funções de guitarrista, compositor e produtor deixou todos boquiabertos com sua habilidade, técnica ao tocar o violão. Nem se notava falta de uma banda no palco, o músico era, é um showman completo.

A iluminação e cenário simples, mas perfeitos. Som igualmente perfeito.
Ouviasse Frejat e o seu violão, em qualquer lugar do teatro com qualidade inquestionável.
Parabéns à produtora do evento.

Setlist:

Eu não quero brigar mais não
O que mais me encanta
Todo Amor Que Houver Nessa Vida
Seu Amorzinho
Nós
O  Homem não chora
Segredos
Túnel do tempo
O Amor é Quente
Me Perdoa
Sombras no escuro
50 receitas
Intimidade entre estranhos
Trocando em miúdos
O Poeta Está Vivo
No Escuro e Vendo
Tua canção
Bilhetinho Azul
Por Você
Amor Pra Recomeçar
A Chave da Porta da Frente / Dolorosa
Sobre nós dois e o resto do mundo

Bis:
Por aí
Embriague-se
Carpinteiro do Universo
Pro Dia Nascer Feliz

Agradecimentos à Agência Cigana

Fotos: Sônia Butelli Fotografias

Veja mais fotos no link a seguir:
https://www.flickr.com/photos/141777721@N07/sets/72157682960572780





Veja mais fotos na matéria no Whiplash.Net

0 comentários:

Postar um comentário