Porto Alegre Festival: reunirá seis bandas para shows gratuitos no quarto distrito neste final de semana

Publicado em: terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Evento de rua movimentará a Av. Polônia nos dias 10 e 11 de dezembro com apresentações da 
Tequila Baby, Bidê ou Balde, Comunidade Nin-Jitsu, General BoniMores, Lítera e Diretoria. Programação também terá atrações especiais para as crianças e food trucks Programação também terá atrações especiais para as crianças e food trucks

Banda Bidê ou Balde é um dos destaques do evento
Crédito: Christian Jung

Depois do sucesso da Oktoberfest 4o Distrito, que reuniu mais de 9 mil pessoas na antiga zona industrial da capital em outubro, o produtor Alexandre Candano lança agora o Porto Alegre Festival. O evento multicultural e gratuito vai promover o encontro de bandas consagradas da cena musical gaúcha com artistas emergentes. A primeira edição, marcada para 10 e 11 de dezembro, terá seis shows,food trucks e diversas atrações que vão movimentar a economia local. A concentração será na calçada da Av. Polônia, próxima à Estação São Pedro do Trensurb, com atividades a partir do meio-dia e shows com início às 17hConfira a programação completa no serviço abaixo.

No sábado, o som ficará por conta das baladinhas da Lítera, do reggae da Diretoria com participação especial do músico Paulo Dionísio e do som animado da Comunidade Nin-Jitsu. No domingo, quem assumirá o palco serão os guris da General BoniMores, seguidos pelaBidê ou Balde. O encerramento do festival será feito pela Tequila Baby que promete contagiar o público com hits dos mais de 22 anos de carreira do grupo. Os roqueiros ainda vão apresentar em primeira mão a sua marca de cerveja artesanal Sexo, Algemas e Cinta-Liga.

Além de diversas opções gastronômicas oferecidas por food trucks convidados, o festival receberá os tradicionais carrinhos de algodão doce, pipoca e churros. As tardes descontraídas ainda terão a presença de diversos artesãos da região, brechós e muita diversão para pais e filhos com um campeonato Grenal de Fla Flu e mesas de Ping Pong e Air Hockey. Para os pequenos, haverá um espaço kids com brinquedos infláveis.

Associação 101 Viralatas também estará por lá arrecadando rações, medicamentos, cobertores, jornais e roupinhas para ajudar cerca de 400 cães e gatos abandonados. E o projeto Ecobarreira do Arroio Dilúvio marcará presença no evento vendendo camisetas para juntar verba suficiente para comprar um triturador de lixo. A iniciativa já retirou da orla mais de 100 toneladas de resíduos que iriam parar no Guaíba e agora quer adquirir esse equipamento para diminuir o volume do lixo coletado e minimizar o impacto ambiental.


SAIBA MAIS SOBRE AS BANDAS




A Lítera nasceu no bairro Sarandi, em Porto Alegre, antes mesmo de ter esse nome. Em 2007, a banda foi finalista do Festival de Música de Porto Alegre com a música Lá se foi. O cotidiano de um relacionamento e suas peculiaridades serviram de inspiração para Um pouco de cada dia, o primeiro álbum lançado em 2009.

Em 2015, a banda lançou o seu segundo disco, Caso Real. O projeto é inspirado nas cartas de amor trocadas entre Dom Pedro I e Domitila, a Marquesa de Santos. O disco foi lançado em Porto Alegre em novembro de 2015, e em São Paulo o lançamento foi em janeiro de 2016, no Solar da Marquesa fazendo parte da programação oficial do aniversário da cidade. O grupo é formado por André Neto (voz e guitarra), Rodrigo Bonjour (bateria) e James Pugens (baixo).




Formada por Marcelo Salgueiro (vocal e guitarra), João Marcelo (baixo e voz), Sid Poffo (teclados e voz) e Márcio Pêxi (bateria e voz), além do guitarrista convidado Julio Porto, a banda Diretoria tem influências mistas de reggae, dub, funk, rock e soul. No show, que tem músicas próprias e releituras para clássicos nacionais e internacionais como Gilberto Gil, Bob Marley e Stevie Wonder, o grupo aborda temas do cotidiano, espiritualidade e positividade.

O primeiro CD, com 12 faixas autorais, foi bem recebido pelo público e pela crítica, chegando a ter mais de uma faixa na programação das principais rádios do sul do Brasil. Em 2015, a banda lançou o single Maré Cheia, que foi um grande sucesso e fez parte da programação de grandes emissoras. Agora, o grupo se prepara para o lançamento do novo single chamado Última Chance, que em breve entra na programação das rádios e internet, e que precede o lançamento do próximo CD que já está em fase de pré-produção e deve sair em abril de 2017.




Formada por Mano Changes (voz), Fredi Chernobyl Endres (guitarra), Nando Endres (baixo) e Cristiano Gibão Bertolucci (bateria), a Comunidade Nin-Jitsu começou em 1995 como uma brincadeira de amigos. Juntando todas as principais influências da época, a banda surgiu com uma junção inovadora de miami-bass (hip hop típico da Florida nos anos 80) com rock, rap, heavy metal, reggae e funk. O destaque no circuito musical foi inevitável, e sua primeira música, Detetive, ganhou o prêmio VMB MTV Brasil de melhor clipe independente e foi a terceira música mais tocada do Brasil.

Estes fatos geraram inspiração para o primeiro álbum, Broncas Legais, e emplacou hinos de uma geração, principalmente no sul do Brasil, como Merda de BarRap do TragoQuero Te Levar e Melô do Analfabeto. Na sequência, a Comunidade Nin-Jitsu lançou mais discos recheados de sons aprovados pelo público como Maicou Douglas Syndrome (com Não Aguento MaisCowboyArrastão do AmorAh! Eu To Sem Erva etc); Aproveite Agora (com AperitivadoMe Faz BemFubanga etc); Comunidade no Baile (com Toda Molhada e Martiny); eAtividade na Laje (com Chuva nas Calcinha e Sem Vacilar). O grupo também lançou um disco Ao Vivo, que foi fruto de um brinde inserido em uma revista, esgotou a edição e foi parar nas lojas de CDs, além de um DVD, Ao Vivo no Opinião, que inclui suas melhores músicas e roupagens criadas pela banda para as músicas dos convidados mais do que especiais.



Desde sua primeiras apresentações, em 2010, a General BoniMores surpreendeu o público e a crítica conquistando rapidamente o ouvido dos fãs e espaços importantes em renomados festivais. Criada em Passo Fundo, estabelecida em Porto Alegre e em expansão pelo Brasil, a banda tem inspirações na MPB, folk, soul gospel e rock’n’roll, unindo o trabalho de Chico Frandoloso (voz), Jei Silvanno (voz e guitarra), Dig Dembinski (contrabaixo), Ale Sebben (teclado) e Zeh Dala Lana (bateria). O grupo está lançando seu novo single, Não Esqueça, uma das faixas do segundo disco da banda, previsto para ser lançado em 2017.

De seu primeiro álbum, General Bonimores (2012), já esgotado, a banda ainda recebe prestígio por músicas como Dia Feliz, apelidada carinhosamente pelos fãs como “a música do balão”, que segue nos rankings das melhores e mais tocadas em várias rádios do país. Em 2014, o grupo continuou com uma agenda intensa de trabalho e lançou nacionalmente seu primeiro compacto em vinil, pelo 180 Selo Fonográfico. A bolachinha conta com duas faixas exclusivas: a gravação original de Dia Feliz, o hit que lançou o grupo e lhe deu repercussão nacional ao vencer o Samsung E-Festival como melhor canção; e uma versão alternativa inédita para Tarde Demais, faixa presente no álbum de estreia da banda. O ano também foi de lançamento do single Chance, com clipe gravado ao vivo, e que logo virou hit em muitas rádios; além de fazerem um grande show no Parque Ibirapuera, em São Paulo, ao lado de Gilberto Gil, para um público de mais de 60 mil pessoas; e depois no Rio de Janeiro, no Teatro Bradesco, com Maria Rita e Hamilton de Holanda.


Bidê ou Balde

Lá se vão 18 anos desde o surgimento da Bidê ou Balde, em Porto  Alegre, nos idos de 1998.  Desde então,  a banda  formada  por Carlinhos  Carneiro (voz), Vivi Peçaibes (voz e teclado),  Leandro Sá (guitarra) e Rodrigo Pilla (guitarra) coleciona elogios e prêmios da imprensa, dos fãs e da crítica especializada.

Em 2000, a banda lançou seu disco de estreia Se sexo é o que importa, só o rock é sobre amor. O segundo CD Outubro ou Nada! chegou em 2002 e trouxe ainda mais musicalidade ao trabalho  da banda,  através  de arranjos  e novos  instrumentos.  Dois  anos  depois,  chegava  o terceiro:  É  preciso  Dar  Vazão  Aos  Sentimentos!.  Em  2005  aconteceu  o  até  então inédito Acústico MTV – Bandas Gaúchas. Em 2014, comemorando os 15 anos de carreira, a Bidê ou Balde colocou na roda mais um disco de inéditas, intitulado Eles são assim.  Em 2015, lançaram o álbum conceitual GILGONGO! – Ou, A Última Transmissão da Rádio Ducher, oitavo trabalho




A clássica banda gaúcha de punk rock que já conta com mais de duas décadas de carreira permanece firme e forte, e sempre com novidades que continuam embalando fãs de todas as gerações em seus shows. Seu primeiro álbum, Tequila Baby (1996), lançou a banda no Rio Grande do Sul com melodias simples, divertidas e contagiantes. Sexo, Algemas e Cinta-Liga é uma das músicas que marcam este disco e que agora serve também de título para a primeira cerveja artesanal do grupo.

Seu mais recente lançamento é o single Qual é a graça então? Paz, amor e Compreensão?, uma versão explosiva para o clássico de Elvis Costello What’s so Funny About Peace, Love and Understanding. Em 2013, a Tequila Baby lançou também o videoclipe da música Contando Estrelas. O clipe é um dos primeiros no Brasil no formato 4K (Ultra HD) e teve Direção de Deivis Horbach, da Plano 9 Filmes. A músicaContando Estrelas faz parte do álbum de inéditas, Por onde você andava? (2012), que conta com 14 músicas que expressam o amadurecimento da banda que já tem em sua discografia 6 discos de estúdio, dois CDs ao vivo e um DVD.


SERVIÇO
PORTO ALEGRE FESTIVAL
Dias 10 e 11 de dezembro
Sábado e domingo, a partir das 12h
Av. Polônia, 200 (próximo à Estação São Pedro do Trensurb)

ENTRADA FRANCA

PROGRAMAÇÃO

Sábado
12h - Abertura
17h - Show da Lítera
18h - Show da Diretoria
19h - Show da Comunidade Nin-Jitsu

Domingo
12h - Abertura
17h - Show da General BoniMores
18h - Show da Bidê ou Balde
19h - Show Tequila Baby



0 comentários:

Postar um comentário