Fúria Louca: Heavy brasileiro com peso ameaçador

Publicado em: sexta-feira, 1 de junho de 2012

Em 2004, quando o rock maranhense carecia de personagens e bandas novas, que valorizassem mais a produção dos shows e a imagem no rock n’roll, os contornos da banda de Hard n’ Heavy Fúria Louca foram surgindo. Para além dos cabelos compridos e das calças justas, ao longo de sete anos de existência, a Fúria Louca fortaleceu suas propostas no cenário local, sempre carregando a bandeira do rock clássico, com um som direto, inconsequente e pulsante.
Lançado no início deste ano, o CD da banda, também intitulado Fúria Louca, conta com 10 faixas produzidas de forma independente, que trazem claras influências do autêntico Hard Rock e Heavy Metal dos anos 80. Peso e atitude interpretados em refrões marcantes e riffs de guitarra que remetem ao tempo em que as bandas de Metal se preocupavam em fazer hits, embalar festas e marcar a vida de toda uma geração. Assim, o primogênito já nasceu com jeito de clássico e perfume retrô, sem deixar a proposta de renovar o cenário do rock nacional.




Ao longo do álbum, facilmente se nota em quais fontes do Rock a banda se inspira. Na música “The Criminal Novel” os riffs bem trabalhados apresentam o peso ameaçador da Fúria Louca, com timbres de voz rasgados e notas altas, uma referência aos clássicos vocalistas do Hard Rock, como Axl Rose. Outro destaque é “Rock Fever” que traz um refrão vivo, composto pela força da reunião de vozes entoando uma melodia cativante, no clima de festas que celebram a emoção do Rock n’ Roll. Já “Love You at Pieces” mostra um ambiente sombrio e mais dramático, apresentando um stalker e sua musa, sugerindo a ascensão de um possível psicopata. Essa foi a faixa escolhida para se tornar o primeiro videoclipe da banda, em produção e com lançamento previsto para o segundo semestre. Como toda banda de Hard Rock, uma canção grooveada e dançante não poderia faltar. É o caso de “Smiling Cat”, guiada pela cadência da bateria com o peso do baixo e demonstrando malícia nas interpretações de voz, nos moldes do estilo californiano do Motley Crue. Entre uma música e outra, a banda mescla as vertentes do Hard Rock e Heavy Metal, sempre utilizando peso, melodias e ritmos empolgantes. Daí a autodenominação do estilo como Hard n’ Heavy.



A Fúria Louca tem em sua bagagem a participação em shows como Primal Fear, Doro Pesch, HAIL! e, recentemente, o Metal Open Air, encerrando o primeiro dia do festival, no comando da boate El Diablo. Em uma apresentação que aproveitou o último fôlego dos headbangers, a Fúria Louca tocou até o amanhecer do dia 21 de abril, recompensando o público pelo empenho, vontade e amor pelo rock and roll. Além dos shows em que eram atrações convidadas, outras aparições marcantes do grupo são as hard parties, festas temáticas que reproduzem o clima das nightclubs, com muita música, bebidas e strippers animando a noite.
Atualmente, a banda divulga seu trabalho pela internet através de seus canais oficiais e busca as oportunidades ideais para levar a outros lugares do país a proposta de reviver os tempos áureos do Heavy Metal por meio de suas músicas.
Não há espaço para o introspectivo, não há espaço para experimentações, não há espaço para a frivolidade radical e infantil. Para a Fúria Louca, o Rock é Rock!



A Banda de Hard Rock e Heavy Metal de São Luís/MA é formada por:
Henrique Sugmyama (Voz)
Hugo Maia (Guitarra)
Allex Kyel (Guitarra)
Dani Mamede (Bateria)
Tiago Guinevere (Baixo)

Links Relacionados:
http://www.myspace.com/furialouca
http://www.facebook.com/furialouca
https://twitter.com/furialouca
http://www.youtube.com/furialouca
http://www.furialouca.com.br [Em construção]
http://palcomp3.com/furialouca/

1 comentários:

Anônimo disse...

A Fúria Louca é o nosso orgulho daqui do Maranhão. Eles realmente arrasam!

Postar um comentário