Paulo Ricardo (Opinião Bar, Porto Alegre, 19/05/17)

Publicado em: sexta-feira, 26 de maio de 2017
Na última sexta-feira, dia 19 de maio, Paulo Ricardo se apresentou em Porto Alegre. Ou melhor, apresentou pela primeira vez, na capital gaúcha, seu novo show intitulado "On The Rock".
E nada mais apropriado do que apresentar esse show na casa de shows mais rock n roll da cidade, segundo o próprio músico.

No palco avistáva-se um cenário simples, mas lindo, um violão e um teclado.
Exatamente às 21h12 iniciou o show.


O conceito do novo show, que na realidade foi criado para ser apresentado, a priori, no bar do Hotel Fasano no Rio de Janeiro, mas que devido ao sucesso obtido, deu origem à uma nova tour, é valorizar a canção e a interpretação, com arranjos minimalistas. Um formato, como o músico mesmo disse, onde ele, sua voz, não precisasse "brigar"com uma banda, com os instrumentos de uma banda de rock. E foi o que se viu no palco, um Paulo Ricardo explorando bem mais sua performance e voz.

O multifacetado artista que agrega, como poucos, as funções de cantor, compositor, intérprete, baixista, guitarrista, jornalista e ator arrebatou o público que lotava o andar térreo da icônica casa de shows desde o primeiro momento em que subiu ao palco. Em todo show do eterno lider do RPM se vê isso.

No palco, o músico contou apenas com a presença do tecladista Ruben Cabrera para recriar, no formato voz e piano, os maiores sucessos do RPM, sucessos da sua carreira solo e alguns dos principais hinos do rock nacional e mundial que foram apresentados em quase duas horas de show. Confira o setlist abaixo.


Na apresentação de seu parceiro de palco, Paulo Ricardo afirma que todos já o conhecem.
O que é verdade pois entre o final da década de 80 e início da década de 90. Rubem Cabrera ficou conhecido, em todo o Brasil, como Rubinho, um dos integrantes do Trem da Alegria.

O show contou com a participação especial do músico gaúcho Raoni Forian. O vocalista da banda Valente participou da terceira temporada do Superstar, programa no qual Paulo Ricardo é jurado e cantou duas músicas com Paulo Ricardo. Inclusive o ex-técnico fez um merchand do grupo falando que o CD deles está pronto, que ele ouviu, que está muito bom e etc. Elogiou o músico e falou que ele representava o futuro do rock brasileiro.


É inquestionável o carisma e o sex appeal do músico cinquentão.
Reza a lenda que Paulo Ricardo tem 54 anos, só acredito vendo seu RG.(Risos)
Ele bebeu da fonte da juventude, só pode.
Brincadeiras à parte, obviamente, não estou falando só da sua aparência. A vitalidade do músico no palco, a sua voz, estão iguais...O músico que já contabiliza mais de três décadas de carreira, só melhora com o tempo.

Aliás entre o público presente no Opinião demonstrava bem essa unanimidade do músico. A faixa etária do público era muito heterogênea.

Paulo Ricardo interagiu muito com o público durante o show, mais do que o normal. Até pelo fato citado acima, desse formato de show ser mais flexível.

Comentava cada música que iria executar. Falou da corrupção, antes de cantar "Alvorada Voraz"; dedicou "Beautiful Day" aos fãs dessa maravilhosa cidade, Porto Alegre, nas palavras dele; fez uma referência às mortes de Chris Cornell e do Kid Vinil, inclusive o criador do "Sou Boy" faleceu no dia do show. Cantarolou trechos de uma música de cada um dos músicos falecidos, emocionado e emocionando a todos após o final de "Beautiful Girl" do INXS, comentou também que lembrava da morte precoce de Michael Hutchence. Comentou da inclusão, novamente, no setlist de um hino do Depeche Mode, "Enjoy to the Silence". Parecia um bate-papo entre amigos.


O músico também explicou a proposta do "On The Rock", de que todo músico começa tocando covers e por isso o show mescla músicas autorais com musicas do U2, Beatles, Legião Urbana, Cazuza, Caetano Veloso, The Doors, Oasis e etc.

Foi uma apresentação memorável, deste músico, que já podemos considerar um habitué em Porto Alegre, mas que a cada apresentação se reinventa.

Quando saia do Opinião vislumbrei uma fila bem grande aguardando o músico. Já é conhecido que após o término das suas performances atende seus fãs no camarim. Mais músicos poderiam fazer isso sem cobranças, como se vê tanto em voga hoje em dia.

Longa vida a Paulo Ricardo!
Longa vida ao Rock n Roll!

Agradecimentos a Opinião Produtora.

Fotos: Sônia Butelli



Veja mais fotos do show AQUI.

Setlist:
Revoluções por Minuto
Alvorada Voraz
Juvenília
A Cruz e a Espada
Back In The U.S.S.R.
Beautiful Day
Enjoy To The Silence
I Will Believe
Beautiful Girl
Sexy
Tempo Perdido
Exagerado
Vida Real
Loira Gelada
Radio Pirata
Light My Fire
Blues like Midnight
Agora Eu Sei
A um Passo da Eternidade
Your Song
London London
Olhar 43

* A ordem do setlist pode conter algum erro. (Aceito correções)





0 comentários:

Postar um comentário