Rael: despedida de "Diversoficando" com músicas inéditas

Publicado em: sexta-feira, 14 de outubro de 2016


Apontado como um dos rappers mais talentosos da nova geração da música brasileira, Rael irá se apresentar mais uma vez no Opinião, no dia 3 de novembro. O cantor, que caiu na graça do público desde o lançamento do aclamado “Ainda Bem que Eu Segui as Batidas do Meu Coração, voltará ao nosso palco para encerrar a turnê do álbum “Diversoficando”, lançado no ano passado e liberado para download gratuito através da modalidade “pague com um post. Além de músicas já consagradas, como “Envolvidão”, “Ser Feliz”, “Ela Me Faz” e “Semana”, o MC irá incluir no repertório três músicas inéditas, que estarão no seu próximo trabalho de estúdio, chamado “Coisas do Meu Imaginário” e que ganhará as ruas ainda em novembro desse ano. As canções “Estrada” e “Minha Lei” vão estrear ao vivo, assim como “Rouxinol”, escolhida como primeiro single do quarto disco do rapper. A faixa, também disponível para download gratuito no site do cantor, já tem um videoclipe rolando no Youtube, que em apenas duas semanas contabiliza mais de 150 mil views.

Nascido e criado na zona sul de São Paulo, no Jardim Iporanga, o cantor e MC Rael começou a construir sua história no rap há pouco mais de dez anos, mas seu caminho na música já era traçado bem antes disso, em casa. Ainda criança, via o pai tocando vários instrumentos e a mãe cantando. Herdou deles, além do gosto pela arte, a facilidade para aprender sozinho. Com o tempo, o som de nomes como Djavan, Tim Maia, Caetano Veloso, Jorge Benjor, Bob Marley e Racionais MC’s entrou em sua vida. Além de rimar, Rael começava a desenvolver outro dom, o de cantar.

Em meados de 2000, formou seu primeiro grupo de rap, o Can KND, com amigos da quebrada. O coletivo se dissolveu em pouco tempo, mas foi o passo inicial para que nascesse o Pentágono. De lá para cá, sua carreira solo veio ganhando forma. Em 2008, Rael lançou seu primeiro disco, "MP3 - Música Popular do Terceiro Mundo”, em que gêneros como jazz, dub, reggae e MPB se somam ao rap. E um formato ainda inovador para o estilo, o cantor levou para o estúdio uma banda, a mesma que o acompanha nos shows: Felipe da Costa (bateria), Bruno Dupré (guitarra), Rafael da Costa (baixo), Bruno Marcucci (teclados) e DJ Soares (scratches).




Em 2012, após ser o mais votado no concurso de bandas Estúdio Windows, ganhou a gravação de um álbum nos estúdios da Trama, em São Paulo. Para produzir o trabalho, foi recrutada a dupla norte-americana K-Salaam & Beatnick. Com participações de Emicida e Mariana Aydar, “Ainda Bem que Eu Segui as Batidas do Meu Coração” foi lançado em 2013, com download gratuito em www.raeloficial.com. Depois de ser agraciado com uma indicação ao Prêmio Multishow, Rael começou 2014 com a websérie “Ainda Bem Tour por Rael”, com vídeos gravados por ele mesmo durante os shows. Assim “Semana”, “Coração” e “Ela Me Faz” ganharam as ruas.

Apontado como um dos rappers mais talentosos e criativos da nova geração da música brasileira, Rael lançou, em 2015, o seu segundo disco, chamado “Diversoficando”. O EP, disponível para download gratuito através da modalidade “pague com um post, levou o MC a se apresentar em diversas cidades do país. Além disso, o álbum foi divulgado de uma maneira bastante incomum, com pequenos dispositivos instalados pelas ruas de São Paulo. Para ouvir, era só plugar um fone de ouvido na parede e curtir o som ali mesmo. Com influência da música jamaicana, do samba e de diversos ritmos brasileiros e africanos, "Diversoficando" possui como destaques as faixas "Pré-Conceito", "Ser Feliz" e "O Hip Hop é Foda (Parte 2)", inspirada em "A Bossa Nova é Foda", de Caetano Veloso.

RAEL

Abertura:
Drik Barbosa
Onde:
Opinião (Rua José do Patrocínio, 834- Cidade Baixa - Porto Alegre)
Quando:
3 de novembro, quinta-feira, a partir das 23h
Abertura da casa:
21h30
Classificação:
16 anos

Ingressos:

Lote 1:
Promocional (valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível ou agasalho, disponível para qualquer pessoa): R$ 45
Estudantes e idosos (desconto de 50%): R$ 40
Inteira: R$ 80

Lote 2:
Promocional (valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível ou agasalho, disponível para qualquer pessoa): R$ 55
Estudantes e idosos (desconto de 50%): R$ 50
Inteira: R$ 100

Lote 3:
Promocional (valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível ou agasalho, disponível para qualquer pessoa): R$ 65
Estudantes e idosos (desconto de 50%): R$ 60
Inteira: R$ 120

Lote 4:
Promocional (valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível ou agasalho, disponível para qualquer pessoa): R$ 75
Estudantes e idosos (desconto de 50%): R$ 70
Inteira: R$ 140

* Os alimentos e os agasalhos deverão ser entregues no Opinião, no momento da entrada ao evento.

** Para o benefício da meia-entrada (50% de desconto), é necessária a apresentação da carteira de estudante na entrada do espetáculo. Os documentos aceitos como válidos estão determinados no artigo 4º da Lei Estadual 14.612/14.

Pontos de venda:

Bilheteria oficial (sem taxa de conveniência – somente em dinheiro):
Youcom Bourbon Wallig

Demais pontos de venda (sujeito à cobrança de R$ 5 de taxa de conveniência – somente em dinheiro):
Youcom Shopping Praia de Belas, Iguatemi, Bourbon Ipiranga, Barra Shopping Sul, Bourbon Novo Hamburgo e Canoas Shopping
Multisom Andradas 1001 e Bourbon São Leopoldo


Informações:

Fotos: Jorge Bispo

0 comentários:

Postar um comentário