Domingo no Parque: promove show especial com cantoras gaúchas

Publicado em: quinta-feira, 12 de maio de 2016


Apresentação com entrada franca acontece neste fim de semana no Auditório Araújo Vianna reunindo onze vozes femininas do Rio Grande do Sul. Ingressos podem ser retirados gratuitamente a partir de amanhã


nm
Nani Medeiros interpretará Cadeira Vazia, de Lupicínio Rodrigues
Crédito: Rafael Chaves



Em sua sétima edição, o projeto Domingo no Parque reúne no palco do Auditório Araújo Vianna onze vozes femininas do Rio Grande do Sul para interpretar sucessos da música brasileira ao lado da Banda Municipal de Porto AlegreAna LonardiDanny CalixtoDenizeli CardosoNalandaLúcia SeveroIzmáliaLara Rossato,Carmen CorreaBibiana Petek, Nani Medeiros e Monica Tomasi participam do show com entrada franca que acontece neste fim de semana, dia 15 de maio, a partir das 16h.

Os ingressos podem ser retirados gratuitamente a partir desta quinta-feira, dia 12, às 14h, nas lojas Oi selecionadas (veja a lista abaixo). No dia da apresentação, as entradas também estarão disponíveis na bilheteria do Araújo Vianna, a partir das 15h. A distribuição dos ingressos é limitada à capacidade do auditório. Confira o serviço completo abaixo.

O espetáculo traz um repertório intenso que inicia com a Banda Municipal tocando Ponteio, de Edu Lobo, e que segue com canções que marcaram a história do país como Pra Não Dizer que Não falei das Flores, de Geraldo Vandré, que será cantada por Lara Rossato; Alegria, Alegria, de Caetano Veloso, que terá uma versão especial feita por Izmália; e Arrastão, de Tom Jobim, que emocionará o público na voz de Danizeli Cardoso.

Também entram no setlist a composição de Lupicínio Rodrigues, Cadeira Vazia, cantada por Nani Medeiros; o sucesso Tempos Modernos, de Lulu Santos, na voz de Lúcia Severo; O Morro Não Tem Vez, de Tom Jobim, por Carmen Correa; As Rosas Não Falam, de Cartola, por Danny Calixto; Sá Marina, de Antonio Adolfo, por Nalanda; e Deixa O Negó Só, de Nelson Coelho de Castro, por Monica Tomasi.

O show também terá espaço para mostrar músicas próprias como Desavença, de Bibiana Petek, e Não se Projeta da Felicidade, de Ana Lonardi. O encerramento será feito com a reunião de todas as cantoras gaúchas ao lado da Banda Municipal em uma animada versão da famosa Isto Aqui O Que É, assinada por Ary Barroso.

O projeto Domingo no Parque tem apoio institucional da Secretaria de Estado da Cultura e da Secretaria Municipal da Cultura de Porto Alegre, patrocínio exclusivo da Oi e apoio da Coca-Cola. A realização é uma parceria das produtoras ElectrolaRay-Z Produções e Caminho do Mar Soluções Culturais. A iniciativa tem  coordenação geral de Carlos Caramez.


bp
Bibiana Petek apresentará a música autoral Desavença
 Crédito: Victória Venturella



SAIBA MAIS SOBRE AS CANTORAS GAÚCHAS

ANA LONARDI
Com seu timbre de veludo, técnica apurada e as belas nuances com que canta, Ana Lonardi destaca-se como integrante da nova geração de talentos da música brasileira. Em sua trajetória, já reúne performances e parcerias com nomes como Roberto Menescal, Rick Wakeman e Edu Krieger. Foi destaque nacional quando participou do The Voice Brasil e despontou no cinema como protagonista do filme Nervos de Aço, musical com canções de Lupcínio Rodrigues dirigido por Maurice Capovilla. Hoje, divulga o novo disco duplo Iluminar Noturno.

DANNY CALIXTO
A cantora, compositora e instrumentista Danny Calixto já trabalhou em teatro como musicista, atriz, oficineira, aderecista, cenógrafa, além de compositora de trilha sonora, trabalho pelo qual foi indicada ao troféu paranaense Gralha Azul na categoria melhor trilha de teatro com o espetáculo A Cegonha boa de Bico. Inserida definitivamente na música com seu primeiro CD, Abracadabra, foi indicada ao Prêmio Açorianos nas categorias Intérprete Pop/Rock e Revelação, além de ganhar espaço nas páginas da imprensa inglesa e ser ouvida em importantes casas de shows em Londres. Atualmente, trabalha na divulgação de novo disco autoral Quintais do Mundo.

DENIZELI CARDOSO
A atriz e cantora Denizeli Cardoso iniciou sua carreia no teatro com o grupo Face Carretos no espetáculo Macacário Afortunado e depois, com esta mesma companhia participou da abertura do espaço cultura da Usina do Gasômetro. Em 1994 deu rumo à carreira de cantora ingressando na banda M16 de Eduardo Borges. Depois, procurou aprimorar seu trabalho participando dos corais da AABB, UFRGS e Santa Casa além de fazer backing vocals para bandas e gravar jingles.

NALANDA
Nalanda começou a carreira em festivais em Foz do Iguaçu, no Paraná, onde passou toda a infância e início da adolescência. Aos 19 anos, foi selecionada para o programa de novos talentos Fama, da Rede Globo, ficando em seu término, entre os quatro finalistas. Depois disso, a cantora não parou mais. Dentre seus grandes trabalhos após o reality show global estão: músicas em cinco novelas, além da participação em um evento musical em Cannes na França, chamado World Best, onde dividiu o palco com dois dos maiores nomes da música pop mundial, Phil Collins e Lionel Ritchie. Entre 2011 e 2015, lançou cinco singles, cinco videoclipes e gravou 2 EPs. Suas músicas ficaram dentre as mais tocadas nas principais rádios do Sul do Brasil, Bahia, Espírito Santo, Rio de Janeiro e São Paulo.

LÚCIA SEVERO
Com uma voz absolutamente encantadora, Lúcia Severo começou a carreira em 1988. Em 1996, lançou seu primeiro disco Ficou no Ar. Carrega em seu repertório algumas boas sacadas, como regravar o Funk da Captura, hit porto-alegrense da precursora banda funky Dedé & Os Ajudantes; a bela A Seta e o Alvo, de Paulinho Moska, além de duas pop songs do mineiro Rodolfo Mendes e um punhado de composições próprias.

IZMÁLIA
Com uma voz única e inconfundível, a compositora, interprete e instrumentista Izmália passeia por diversos estio musicais, sendo o rock’n’roll o seu prefeiro. Já lançou três álbuns solo: IzmáliaQuase Não Dói e Meu Cigarro.  Foi duas vezes vencedoras do Prêmio Açorianos de Melhor Cantora, em 2005 e 2008, e arrecadou premiações também do FestValda, além de já ter feito vários shows auxiliando a ONG Viva Cazuza. Há anos homenageia Amy WInehouse e atualmente trabalha com o novo disco produzido por Frank Solari.

LARA ROSSATO
Lara Rossato nasceu na pequena cidade de Dom Pedrito, interior do estado do Rio grande do Sul. Quando completou 14 anos fez suas primeiras apresentações em bares na sua cidade, interpretando canções de bandas e artistas internacionais. Aos 16 anos, já trabalhava em algumas canções autorais no estilo pop e, com a intenção de gravá-las, mudou-se para a cidade de Pelotas onde viveu por seis anos e lançou localmente o disco demo Doce, com todas as músicas e letras de sua autoria. Em Porto Alegre, Lara iniciou a composição do seu segundo disco Mesa para Dois”, mostrando uma cantora e compositora de personalidade forte, com letras bem construídas. Em 2015,foi escolhida para representar o Brasil no Festival Internacional de Punta del Este.

CARMEN CORREA
Cantora, compositora e instrumentista, Carmen Correa faz parte da nova geração de artistas que vem conquistando espaço no cenário musical da capital gaúcha com canções que possuem um discurso poético e versam sobre o cotidiano. Aos 26 anos, está gravando seu primeiro disco com produção musical de Marcelo Fruet. Foi uma das vencedoras do Festival da Música da Juventude de Porto Alegre em 2015 e já participou de apresentações de diversos colegas como Gastão Villeroy, Luis Nenung, Sander Fores, Macelo Delacroix, Marieti Fialho, Greice Moreli e Jhane Kelly.

BIBIANA PETEK
Bibiana deu seus primeiros passos no violino e música clássica já na infância. Aos 13 anos deixou a orquestra e trocou Bach, Paganini e Haydn pelos discos de MPB do pai, Chico Buarque, Elza Soares, Tom Jobim. Aos 20, lançou o seu primeiro álbum autoral, Dengo com dois shows em Londres, em julho de 2013. Em 2014, foi escolhida nacionalmente como uma das jovens cantoras mais promissoras do Brasil no Prêmio Deezer - ABMI de Novos Talentos, no Rio de Janeiro.

NANI MEDEIROS
De timbre macio, a cantora gaúcha Nani Medeiros vem mostrando talento na nova cena musical brasileira com influencias que vão da MPB ao jazz. Com mais de dez anos de carreira, já cantou ao lado de Fito Paes e interpretou grandes artistas como Elis Regina e Lupicínio Rodrigues. Atualmente, divulga seu trabalho autoral. Ao lado de grande parceiros lançou seu primeiro EP com duas composições inéditas: Valentina, parceria de Mathias Pinto e Alexandre Sussi e Amor Magoado, uma bossa de Pinto com intervenção do músico Rafael Chaves.

MONICA TOMASI
Monica Tomasi é cantora, instrumentista e compositora que faz parte do Brasil cancioneiro sendo considerada uma das principais vozes da música urbana. Suas interpretações imprimem personalidade marcante ao transitar pelo rock, samba, pop, dando importância às mais diversas referências da criação musical. Na mistura de diferentes linguagens musicais transita com naturalidade em diversas parcerias: Celso Fonseca, a escritora Fernanda Young, Flavio Adônis, Nelson Coelho de Castro, Caio Martinez, Marcio Celli e Bebeto Alves. Em sua discografia tem o LP Eu Fórica (1990); o CD  (1996), o CD Ideias Contemporâneas Sobre o Amor (2003), e o CDQuando os Versos Me Visitam.





SERVIÇO
DOMINGO NO PARQUE
CANTORAS GAÚCHAS E BANDA MUNICIPAL
Dia 15 de maio
Domingo, às 16h
Auditório Araújo Vianna (Av. Osvaldo Aranha, 685 – Porto Alegre)

ENTRADA FRANCA MEDIANTE APRESENTAÇÃO DE INGRESSOS
A distribuição das entradas é limitada à capacidade do auditório

PONTOS DE RETIRADA DE INGRESSOS
Nas lojas Oi (a partir de quinta-feira, dia 12 de maio)
Shopping Total (Av. Cristóvão Colombo, 545)
Andradas (Rua dos Andradas, 1432 ou 1237)
Shopping Iguatemi (Av. João Wallig, 1800)
Shopping Praia de Belas (Av. Praia de Belas, 1181)

Na bilheteria do Auditório Araújo Vianna
(somente no domingo, dia 15 de maio, a partir das 15h)
Av. Osvaldo Aranha, 685

*Cada pessoa pode retirar no máximo dois ingressos
** Ingressos limitados à capacidade do auditório


Acompanhe a programação pelas redes sociais do Domingo no Parque
instagram: @domingonoparque
twitter: @projetodomingo



0 comentários:

Postar um comentário