D.R.I. cancela novamente shows na América Latina

Publicado em: sexta-feira, 18 de março de 2016
Banda se apresentaria em São Paulo e Rio de Janeiro – foto: divulgação

A Dark Dimensions anuncia oficialmente o cancelamento das apresentações do Dirty Rotten Imbeciles (D.R.I.) no Brasil, pois o grupo norte-americano não pegou os voos que partiriam ontem (17/03) dos Estados Unidos para Argentina. 

A produtora era responsável apenas pelos shows em São Paulo (22/03 – Inferno Club) e no Rio de Janeiro (23/03 – Teatro Odisseia).

Em comunicado publicado na página do grupo no Facebook, o D.R.I. alega que apenas metade dos shows estavam com o cachê pago, o que logisticamente impossibilitaria a garantia de que teriam como cumprir os compromissos no Brasil, Argentina, Chile e México. 

Apesar do anuncio na internet não especificar quais produtoras não exerceram o acordo, a Dark Dimensions vem a público informar que sempre esteve com todas as suas obrigações em dia, principalmente o pagamento de cachê, além da emissão das passagens áreas e hotéis previamente reservados.

Porém, procurando saber com os outros produtores o que aconteceu, já que a Dark Dimensions só tinha informações sobre os shows do Brasil, pelo contrato assinado pelo management do D.R.I, o grupo recebeu 50% na assinatura e os outros 50% seriam pagos na chegada na Argentina e no México. Portanto, quem queria mudar o acordo foi a banda e não os dois produtores.

O D.R.I. inclusive já entrou em polêmica ao cancelar uma longa tour pelo Brasil, em 2014, que estava sob a responsabilidade de outra produtora, porque o guitarrista ficou com preguiça de buscar os vistos! 

Desta vez, foram gastos mais de U$ 18.000 dólares em despesas com passagens áreas, vistos e outros custos burocráticos, que já estavam em poder do manager do grupo. 

O único voo que não foi enviado ao D.R.I. foi a ponte área Monterrey – Cidade do México, pois o promoter mexicano havia se comprometidos de comprar as passagens antes do embarque, pois existem diversos voos, de hora em hora, e os músicos não teriam qualquer tipo de imprevistos.

Por prezar pela transparência e em respeito aos fãs que estavam ansiosos por estas exibições, que a Dark Dimensions sente muito pelo ocorrido e frisa que jamais optou em desistir de organizar os eventos e isenta-se de qualquer imprevisto ocorrido.

Spike Cassidy (guitarra), Kurt Brecht (vocal) - os únicos da formação original -, Harald Oimoen (baixo) e Brandon Karns (bateria) tinham as seguintes dadas agendadas pela América Latina:
19/03 – Palermo Club – Buenos Aires, Argentina
20/03 – Teatro Caupolican – Santiago, Chile
22/03 – Inferno Club – São Paulo, Brasil
23/03 – Teatro Odisseia – Rio de Janeiro, Brasil
25/03 – Cafe Iguana – Monterrey, México
26/03 – Circo Voador – Cidade do México, México

A Dark Dimensions está totalmente à disposição dos fãs que compararam ingresso e informa os seguintes procedimentos para obter o devido ressarcimento:
- compras efetuadas pelo site Sympla entrar em contato com o SAC da empresa.
- compras efetuadas nos pontos de venda autorizados e site Clube do Ingresso, os clientes deverão entrar em contato no e-mail faleconosco@clubedoingresso.com ou  no telefone (11) 2626.1913.

Links relacionados:
http://www.dirtyrottenimbeciles.com
https://www.facebook.com/darkdimensionsbrasil
https://www.facebook.com/UltimateMusicPR

Próximas divulgações THE ULTIMATE MUSIC – PR:
20/03 – Steven Wilson – Carioca Club – SP/SP
26/03 – Anthrax + Iron Maiden – Allianz Parque – SP/SP
17/04 – The Dillinger Escape Plan – Clash Club – SP/SP
28/05 – Children of Bodom – Carioca Club – SP/SP
29/05 – Amorphis – Hangar 110 – SP/SP
11/06 – Booze & Glory – Clash Club – SP/SP
07/08 – Megadeth – Espaço das Américas – SP/SP
04/09 – Overload Music Fest – Carioca Club – SP/SP

Além dos shows, a The Ultimate Music – PR orgulhosamente assessora as bandas Krisiun, Korzus, Urbana Legion, About2Crash, KroW, Confronto, Claustrofobia, Paura, Lacerated and Carbonized, Muqueta na Oreia e Hugin Munin. Para mais informações, acesse http://theultimatemusic.com.


Enviado por The Ultimate Music Press

0 comentários:

Postar um comentário