Reação em Cadeia: desplugada mas com muita força e maturidade

Publicado em: quarta-feira, 10 de junho de 2015
Exibindo DSC00411.JPG

A Reação em Cadeia, estreiou terça-feira, dia 09 de junho, no Teatro do CIEE na capital gaúcha, Porto Alegre, o show "Acústico 15 Anos". Originalmente o show comemorativo  teria duas datas, dias 9 de 10 de junho, mas devido ao grande sucesso de vendas, as duas primeiras sessões tiveram ingressos sold out, foram abertas mais duas sessões, respectivamente, dias 11 e 12 de junho.

O show começou às 21h13 com a banda tocando "Infierno". E o que se viu dessa hora em diante foi um desfile dos maiores sucessos da discografia da banda numa versão mais visceral. Porém versões acústicas pra lá de barulhentas, no bom sentido, com direito a guitarra, baixo, violões, batera e percurssão. Os arranjos, a roupagem, que as já tão conhecidas músicas da REC receberam, deixaram as canções que falam de amor e ódio ainda mais emocionantes,  ainda mais apaixonantes. 

Antes de entoar o maior sucesso da banda "Me Odeie", Jonathan agradeceu o apoio recebido durante essa década e meia de carreira e dedicou o maior hit da banda ao público presente. Ouve-se os primeiros acordes do hit e Jonathan interrompe e fala: "o mais engraçado é que depois de 3 minutos e meio que essa música tocou no rádio a vida dos integrantes da banda mudou para sempre". 
O público grita e acompanha a letra em uníssono com o cantor...A emoção toma conta de todos no Teatro.

As baladas roqueiras, as letras das músicas que falam da dualidade entre o  amor e o ódio e temas afins, casaram perfeitamente com as versões desplugadas, favorecendo interpretações pra lá de passionais...
Músicos emocionados, público idem.

Jonathan Corrêa (voz/violão), Daniel Jeffman (guitarra), Elias Frenzel (bateria) e Tiago Medeiros (Baixo) mostraram para o que vieram...Mostraram a maturidade adquirida ao longo desses anos. 

A REC não perdeu sua força, sua energia. 
O rock está impregnado no DNA dos seus integrantes. 



Não consigo lembrar em qual momento do show a banda tocou "Eu não pertenço a você".

O vocalista até comentou: "essa música não estava programada", e agora vendo o setlist original confirmei a veracidade do comentário dele.  Com certeza a música foi executada devido ao momento, devido a emoção criada. O público, entre eles me incluo, agradeceu a inclusão do hit no setlist.

A Reação em Cadeia tem um público cativo que acompanha a banda desde seu início; mas se pararmos para mensurar a idade do público que compareceu na noite de estreia do show, muitos alí eram novos fãs.

Foram 1h 40 minutos de show. 
O tempo passou e não percebi. Bom sinal. 

Uma coisa é certa, mesmo que surjam bandas que tentem imitar a REC,  a verdade é que não conseguem  fazê-lo com êxito, vide a banda vencedora do reality musical da Rede Globo.(Risos)

Posso me vangloriar e dizer "eu assisti a primeira apresentação da banda em Porto Alegre", e virei fã na mesma hora. Fico contente em ver que o tempo só fez aumentar a qualidade do trabalho apresentado pela REC.

Para quem ainda não foi prestigiar a banda, recomendo. 
Impecável a produção da Hits Entretenimento, irretocável a acústica do Teatro do CIEE. 


Exibindo DSC00344.JPG

0 comentários:

Postar um comentário