Kappa Crucis: destaque entre os Melhores do Ano; mesmo fazendo um som "fora de moda"

Publicado em: quinta-feira, 9 de abril de 2015

O novo álbum de estúdio "Rocks" é a síntese de uma carreira de mais de 20 anos pautada pela liberdade e sinceridade artística.

Quem acompanha a cena brasileira de rock e heavy metal há bastante tempo, certamente conhece o Kappa Crucis.


A banda foi formada no interior de São Paulo no início da década de 90. Lançaram a primeira demo em fita K7 em 1997 sob o título "Algol - The Demon Star".

Desde então vieram várias outras demos, o disco de estreia, "Jewel Box" de 2009, e em 2014 lançaram seu novo trabalho de estúdio intitulado "Rocks".

Assim como seus antecessores, "Rocks" tem arrancado muitos elogios da crítica especializada. Especialmente por conta da identidade musical do Kappa Crucis.


"Desde que coloquei 'Rocks' para rodar estou tentando encaixá-lo em algum estilo. Resultado: não consegui". Essa declaração do jornalista Christiano Gomes, do site e programa mineiro Mondo Metal, ilustra bem a questão.  

De fato, ao longo de mais de 20 anos, o Kappa Crucis sempre se manteve fiel a sua identidade sonora. Não se trata de fidelidade estética - por mais que a banda seja, por vezes, classificada como heavy rock - mas sim uma questão de sempre fazer aquilo que vem do coração, mesmo que seja fora de moda.   

"A formação da banda e o trabalho que se seguiu sempre foram baseados na honestidade com a música e com a arte em si." diz o baterista Fábio Dória. "Nunca tivemos uma preocupação com tendências, pois mesmo no rock pesado elas existem, ou preocupações midiáticas ou mesmo mercadológicas. Não fazemos nosso trabalho para satisfazer situações impostas, mas fazemos para satisfazer nossa integridade e aos corações e dedicação dos fãs e amigos que entendem nossas intenções. Claro que não somos alienados e temos que manter contato com a cena, com a mídia e com o mercado. Existem questões de organização, financeiras, etc, que tem que ser atendidas. Mas sempre mantemos nosso posicionamento."

Na eleição realizada entre os leitores do site Heavynroll, "Rocks" rendeu ao Kappa Crucis nada menos que seis indicações entre os Melhores de 2014: 02º Melhor Tecladista para Alex Stefanovich, 03º Melhor Baixista para Ricardo Tramontin, 04º Melhor Vocalista para Gerson Fischer, 04º Melhor Baterista para Fábio Dória, 05º Melhor Guitarrista para Gerson Fischer e 06º Melhor Disco.

As faixas "Invisible Man" e "Strange Soul", de "Rocks", estão disponíveis no canal oficial da banda no Soundcloud:
https://soundcloud.com/kappacrucis/kappa-crucis-invisible-man
https://soundcloud.com/kappacrucis/kappa-crucis-strange-soul


Mais informações:



Crédito Foto: Divulgação 



0 comentários:

Postar um comentário